168 ninhos de vespa asiática destruídos em Cerveira

Ninho de Vespa Asiática desativado

Em 2015, o Município de Vila Nova de Cerveira desativou um total de 168 ninhos de vespa velutina, um aumento significativo em relação a 2014 que, entre agosto e dezembro, registou 18 ninhos. A denúncia foi desencadeada por munícipes residentes em zonas rurais e por apicultores.

Dado o maior grau de eficácia alcançado, a autarquia cerveirense alterou o método de desativação dos ninhos identificados. Em 2014, o processo era efetuado através de uma substância inseticida e o ninho imediatamente retirado, numa operação noturna a uma distância muito curta do ninho. Já em 2015, todos os ninhos foram desativados desde o chão pela introdução de um isco impregnado em substância inseticida no interior do ninho, com recurso a um dispositivo extensível. Os ninhos são deixados no local sinalizados, de forma a não serem novamente referenciados.

De acordo com o relatório elaborado pelo Serviço Municipal de Veterinária, a resposta dos serviços contratados pelo Município, entre a data de avistamento e a data de desativação, foi imediata, com a aplicação do método a ocorrer no próprio dia ou no dia seguinte, se o caso foi detetado já em condições de visibilidade difíceis para operar. A grande maioria dos ninhos foi encontrada em árvores, havendo também alguns casos detetados em habitações, muros e vegetação. O maior tinha 65 cm e o mais pequeno apenas 5 cm.

A referenciação dos 168 ninhos foi realizada via telefone para o médico veterinário municipal e diretamente para o operacional encarregue da sua desativação, tendo uma pequena parte sido efetuada através da plataforma SOSVespa. Os denunciantes dos casos foram, na sua maioria, munícipes residentes em zonas rurais e apicultores, bem como a equipa de desativação dos ninhos que exercia uma procura ativa no terreno.

O Município de Vila Nova de Cerveira, a par de Paredes de Coura, tem desencadeado uma sistemática desativação de ninhos de vespa velutina, numa lógica de ação de combate concertada que deveria envolver todos os municípios, seguindo as indicações do Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa Velutina em Portugal, elaborado pela Direção Geral de Alimentação e Veterinária e pelo Instituto de Conservação da Natureza e Florestas. O objetivo é dar uma resposta imediata às solicitações dos munícipes e dos apicultores que vêm a sua produção ameaçada pelas colónias de vespas existentes nas imediações dos apiários.

Todos os ninhos desativados no concelho de Vila Nova de Cerveira estão registados na plataforma SOSVespa acessível através do endereço www.sosvespa.pt.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

A vespa velutina, mais conhecida por vespa asiática, é uma espécie não-indígena, predadora de insetos, entre eles a abelha europeia. A sua introdução involuntária na Europa ocorreu em 2004 no território francês, tendo a sua presença sido confirmada em Espanha em 2010, em Portugal e na Bélgica em 2011 e em Itália em finais de 2012. 

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
andreiacunha23@hotmail.com
  Partilhar este artigo
📌 Mais de Cerveira

Junte-se a nós todas as semanas