Ação LandscapeFIRE: CIM Alto Minho promoveu ações de capacitação e inovação para a gestão de riscos à escala da paisagem

Logotipo da CIM

A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) desenvolveu, entre novembro e dezembro deste ano, uma ação piloto de sessões de capacitação técnica sobre a temática do uso do fogo na gestão de combustíveis, tendo em vista a capacitação técnica na prevenção e gestão de incêndios florestais no Alto Minho.

Integrada no projeto “Protec|Georisk: Alto Minho 2020” (em fase final de aprovação pela Autoridade de Gestão do PO SEUR), esta iniciativa conta com a colaboração de diversas entidades na temática dos riscos e da prevenção/defesa da floresta (nomeadamente, do ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas), associações de produtores florestais, do CDOS (Comando Distrital de Operações de Socorro) de Viana do Castelo e GIPS (Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro) da GNR.

Aproveitando a integração das diferentes equipas de prevenção e combate do dispositivo de extinção de incêndios florestais do Alto Minho envolvidas no projeto, as ações de capacitação permitiram informar e capacitar cerca de 70 elementos com funções na área da defesa da floresta contra incêndios, nomeadamente, elementos das equipas de sapadores florestais do Alto Minho e do efetivo do Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS – GNR) do CMA (Centro de Meios Aéreos) de Arcos de Valdevez.

No âmbito desta atividade, iniciada em abril de 2016, com um conjunto alargado de reuniões de trabalho com as entidades supramencionadas e visitas ao terreno, a CIM Alto Minho está já a definir e propor a elaboração de instrumentos regionais e especiais de planeamento das ações de fogo controlado focados nos espaços de elevado valor natural presentes no Alto Minho. Por outro lado, encontra-se igualmente em curso um conjunto alargado de reuniões de gestão da rede de parceiros, assim como a elaboração e posterior aprovação de planos de fogo controlado, a realização de ações práticas de gestão de combustível, a tipificação e classificação dos grandes incêndios e, ainda, a elaboração de uma guia de boas práticas de fogo controlado, tendo por objetivo aumentar a resiliência da paisagem do Alto Minho face ao risco de incêndios florestais e riscos derivados.

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
jornalminhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo
📌 Mais de Viana

Amorzito - a maior comunidade de encontros, relacionamento e namoro na língua portuguesa