All Styles apresenta dança em pavilhão de Monção

O pavilhão da EB2,3 de Monção acolheu o espectáculo de dança do grupo “All Styles”. Os alunos dos 4 aos 19 anos dançaram vários estilos, com coreografias próprias ou ensaiadas.

 “Não é um espectáculo é mais uma festa para demonstrar as aprendizagens que fizeram desde o início do ano letivo e antes de começar a preparar o espetáculo final”, esclarece Ana Silva. A mentora do projeto, que se iniciou em dezembro de 2009, mostra-se satisfeita com o crescimento. Apesar de não ter presente o número de alunos, fala de 140, lembrando que as idades variam entre os 4 e os 19 anos.

Com aprendizagem em diferentes estilos de dança, a festa no pavilhão da EB2,3 de Monção, apresentou coreografias do Jazz aos ritmos latinos, passando pelo Hip Hop, Contemporâneo e Dança Criativa.

Mostrar a dança como forma de arte foi o objetivo de Ana Silva ao criar o grupo. Sete anos depois vê o grupo a aumentar. “O projeto já existe há seis anos e tem estado a crescer. Cada ano nota-se a crescer. Chega a um ponto que os mais velhos gostam, mas acabam por sair porque vão para a universidade”, revela.

PUB

“Eu dedico-me de alma e coração ao projeto e acho que isso nota-se. Empenho-me muito para que eles gostem. E acho que quem está lá gosta do que faz”, sublinha Ana Silva. Agradecendo também a entrada de rapazes para o grupo.

Tiago Francisco, de 10 anos, entrou há pouco tempo no grupo. “Ao ver uma série na televisão fiquei impressionado com os passos e decidi que queria também aprender”. Há um mês no grupo já suscitou muitos aplausos do público com a exibição a solo na tarde de domingo.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

Também Rui Carvalho entrou no grupo há um mês. “Gosto muito de dançar e já conhecia o grupo de ver os espetáculos e então decidi entrar”. Natação e Escuteiros são outras das atividades que frequenta, mas a dança “é diferente”.

O vereador das Atividades Socioculturais frisava que “ver este pavilhão completamente cheio é sinal que os pais e os avós acompanhassem estas crianças”. Paulo Esteves agradecia o espetáculo e incentivava a continuar.

PUB

No segundo fim de semana de julho apresentam no Cineteatro João Verde o espetáculo de final do ano. “Em Monção não havia dança para que as crianças se pudessem libertar corporalmente, mas há uma parte pouco conhecida, que é da dança como arte. E por isso os nossos espetáculos finais têm o impacto que tem”.

 

PUB

Dança com solidariedade

Para além de permitir que crianças e jovens dancem. A “All Styles” pretende incutir “outros valores, seja pessoais, e sobretudo artísticos, onde há essa componente”. Na altura do Natal dançaram na Unidade de Cuidados Continuados e no Lar da Santa Casa da Misericórdia.

               

PUB
PUB
  Partilhar este artigo

  Partilhar

PUB
PUB

Junte-se a nós todas as semanas