Arcos de Valdevez sobe ao segundo lugar no Índice de Transparência Municipal

A autarquia de Arcos de Valdevez “saltou” de 19.º (em 2014) para 2.º (em 2015) no Índice de Transparência Municipal (ITM), lista que incorpora os 308 municípios portugueses. Recorde-se que, em 2013, a edilidade arcuense surgia na posição 159, o que representa uma ascensão de 157 lugares em apenas dois anos.

Este ranking mede o grau de transparência de cada município com base na “informação disponibilizada aos seus cidadãos” nas respetivas páginas de Internet. O ITM integra 76 indicadores agrupados em sete categorias, de entre as quais figuram a “informação sobre organização, composição social e funcionamento dos municípios”; os “planos e relatórios”; a “contratação pública” e a “transparência económico-financeira”.

Mas o ITM, embora se trate de um estudo mais abrangente do que um indicador sintético, está longe de avaliar – porque se baseia na informação alojada em websites – o grau de credibilidade e de reputação das autarquias, segundo diversos peritos.

PUB

Edifício da Câmara Municipal

A Câmara de Arcos de Valdevez obteve, em 2015, um score de 89,84 pontos (numa escala de 0 a 100) no estudo do ITM, liderado pelo Município da Alfândega da Fé, com 94,23 pontos. Carregal do Sal fecha o pódio, com 88,87 pontos. Destaque, também, pela positiva, para o Município de Vila Nova de Cerveira, que aparece em quinto, com um score de 86,26 pontos. Inversamente, na cauda do ranking, estão as edilidades de Idanha-a-Nova, Fornos de Algodres e Tabuaço (última). Monção é a autarquia do distrito mais mal classificada, na posição 304 da lista.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

“Não estávamos à espera do 2.º lugar, mas, fruto do trabalho que vem sendo feito, tínhamos a perceção de que íamos subir no ranking, disse ao MD uma fonte do Município arcuense. Para o presidente da autarquia de Arcos de Valdevez, “o que o Índice revela é que a Câmara mostra [aquilo] que faz, […] tal como está documentado no website, segundo explicou João Manuel Esteves em reunião de Câmara, comentando, na circunstância, a classificação de 2014.

O ITM resulta de uma iniciativa da Transparência e Integridade, Associação Cívica.

PUB

 

 Presidente da autarquia arcuense

PUB
  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
[taxopress_termsdisplay id="1"]
geral@minhodigital.pt
  Partilhar este artigo
PUB
📌 Mais dos Arcos
PUB

Junte-se a nós todas as semanas