Artista Vianense convidado para a “Semana das Jóias” em Milão

Filipe Araújo aceitou o convite para participar na prestigiosa exposição “Milano Jewelry Week” que decorrerá este ano de 17 a 22 de Outubro de 2023, em Itália.

O artista vianense Filipe irá expor algumas das suas maravilhosas peças de joalharia entre nomes famosos a nível mundial, abrindo assim o palco internacional para a arte da joalharia portuguesa.

PUB

As suas jóias vão ser expostas no salão do ‘Palazzo Bovara’ atribuído a jóias de luxo e contemporâneas.

“Milano Jewelry Week” é o único evento internacional em Itália que destaca por excelência o universo da joalharia em todas as suas facetas.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

Sendo o ponto internacional de referência para todos os artistas e designers de joalharia a nível global, este evento anual atrai uma vasta audiência mundial especialmente interessada e conhecedora, desde famosos empresários e suas colunáveis esposas, atrizes, até a xeques árabes.

Todos os anos uma equipa de experts é responsável pela selecção de somente 250 artistas do mundo inteiro que sobressaem pelo seu talento criativo e capacidade inovadora.

PUB

Filipe Araújo, com a humildade que o caracteriza, segundo os mais próximos, mal soube do convite só se interrogava, ainda incrédulo, “como souberam de mim?!!!»

As suas peças vão também ilustrar a edição ícone de “Artistar Jewels”, um testemunho para a posteridade deste talentoso vianense na “semana das jóias” de 2023.

Este reconhecimento internacional vem coroar o trabalho inovador desenvolvido por Filipe, nomeadamente no campo da filigrana e design desde 2014.

PUB

Foi desde então que o artista se dedicou a revigorar esta arte ancestral criando peças únicas que, pela sua originalidade, apelam ao gosto contemporâneo.

Filipe introduziu uma nova técnica que lhe permite preencher com cor os ‘espaços Vazios’ da filigrana nas suas obras.

PUB

Assim, mesmo que idênticas na forma, todas as peças adquirem uma personalidade muito própria, cada uma diferente das demais.

Até hoje, Filipe continua a ser o único artista conhecido a usar esta técnica com a filigrana em joalharia.

O nascimento de “Viana às cores” veio demonstrar o talento multifacetado e versátil do artista.

Ao longo dos anos seguiram-se inúmeras e distintas colecções de jóias exclusivas e personalizadas, tanto para homem como para mulher, em materiais dos mais simples aos mais nobres.

De realçar foi a introdução em 2015, de um alfinete em forma de ‘coração de Viana’ criado em honra de Nossa Sra. d’Agonia, padroeira da cidade.

O entusiasmo com que foi recebido levou a uma produção anual limitada de 250 unidades, todos os anos de cor diferente, pela mão minuciosa do Filipe.

Este ano elegeu um azul «como o da louça de Viana» pela primeira vez sobre dourado.

Filipe Araújo expõe durante todo o ano, algumas das suas peças, no D.Sancho Caffe, junto ao IEFP, em Viana do Castelo.

Made with LogoLicious Add Your Logo App

Como começou esta sua actividade? – questionámos. “Sendo uma parte icónica da herança portuguesa, durante toda a minha vida estive rodeado e admirando maravilhosas jóias de filigrana. Quando estudei arquitectura, comecei a deleitar-me ainda mais com os intrincados designs desta arte. Mas o ‘clique’ sucedeu quando num final de tarde de abril, a minha mãe chegou ao atelier e eu percebi que ela trazia um coração de Viana em filigrana que lhe foi transmitido através de gerações… Embora fosse bonito e valioso, percebi que não reflectia em nada a personalidade moderna e jovem da minha mãe, como se ela carregasse ao peito o peso da história da nossa família, completamente separada dela. Perguntei se poderia brincar com a peça… Ela concordou. E assim começou a minha jornada para trazer uma nova atitude ao mundo da filigrana!”

 

Presença nas redes sociais:

Facebook:  https://www.facebook.com/byFilipeAraujo/

Instagram:   https://www.instagram.com/byfilipearaujo/  

Site: www.filipearaujo.pt (site em manutenção durante alguns dias)

PUB
  Partilhar este artigo

1 comentário

  1. Nascido em França, criado em França, universidade Portuense, segundo creio, regressou com os Pais ao País e há freguesia do pai, Nogueira Viana do Castelo, aqui reside com os país! Porém é no café Dom Sancho na rampa da ponte em Viana que “apresenta a sua arte”
    Em tempo idos dez uma “gravura” na igreja de S .João Baptista de Nogueira, e verifiquei que “Ele” tinha traquejo para ir longe muito longe, e aí está ! Parabens bom conterrâneo , é pelas obras e actos que o nossa freguesia cresce! Com “tretas” não se vai a qualquer lado. Deus te proteja, e a mim que não me desampare!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

jornalista.manso.preto@gmail.com

  Partilhar

PUB
📌 Mais de Viana
PUB

Junte-se a nós todas as semanas