Associação de Pais das Escolas Pré Primária descontente com DGESTE

Escola

A Associação de Pais e Amigos dos Alunos das Escolas Pré Primária e Primária de Ponte de Lima vem por este meio reiterar publicamente o seu descontentamento face à constituição de turmas com mais de um ano de escolaridade.

Foi aprovada em Conselho Pedagógico e Conselho Geral e apresentada à consideração da DGESTE a constituição de três turmas para cada ano de escolaridade, à semelhança do que tem sido aprovado pela DGESTE em anos anteriores. Cada uma destas turmas tinha, no mínimo, 20 alunos, num total de 61 no que se refere ao 1º ano.

No presente ano lectivo a DGESTE ignorou os argumentos pedagógicos apresentados e reformulou as turmas, constituindo uma turma única do segundo ano, duas turmas únicas do primeiro ano e duas turmas mistas integrando alunos do primeiro e segundo anos, sendo que estas últimas atingem o limite máximo legalmente previsto de alunos – 26 alunos por turma.

De uma assentada, a medida tomada pela DGESTE implica mexidas significativas em quatro turmas, implicando quase metade dos alunos do estabelecimento de ensino.

PUB

Acresce em desfavor da medida tomada o facto de a Escola Básica ser uma Escola urbana, que no decorrer do ano lectivo costuma acolher alunos transferidos de outros estabelecimentos, em virtude de alterações de residência ou de local de trabalho do respectivo agregado familiar. Situação que presentemente não está assegurada.

A Associação de Pais tem vindo a convergir esforços junto da DGESTE para reverter a situação, apresentando requerimentos, solicitando reuniões, elaborando abaixo-assinados e realizando manifestações. Contudo nenhuma destas acções foi merecedora de qualquer resposta por parte daquela entidade.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

A DGESTE tem-se reservado ao silêncio que para os pais é ensurdecedor. 

Os Pais irão demonstrar o seu desagrado contra as turmas mistas e o silêncio da DGESTE, participando na iniciativa, Abraço ao Rio Lima, na na próxima quinta-feira, Às 9 horas, no caso dos Alunos uma facha negra no braço e os Pais envergando camisolas negras em forma de protesto.

PUB

Outra acção já agendada, para a próxima sexta-feira, é a deslocação de autocarro ao Porto, para se manifestarem frente ao edifício da DGESTE, às 9h30, iniciativa esta que conta com o apoio do Município de Ponte de Lima, que se fará representar na pessoa do Vereador da Educação, Dr. Paulo Sousa.

 

         A Associação de Pais

PUB
PUB
  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
  Partilhar este artigo
PUB
📌 Mais do Lima
PUB

Junte-se a nós todas as semanas