Bombeiros da Barca festejam 80 anos a pensar num novo Quartel

dscn2525

A celebração dos 80 anos de vida da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca ficou assinalada pela bênção de uma nova ambulância e ainda pela entrega de medalhas a cinco elementos da Corporação.

A nova ambulância de transporte múltiplo de doentes foi benzida pelo capelão da Instituição, o padre António Brito, que também é bombeiro no Corpo Activo, e apadrinhada pelo sócio benemérito Sebastião da Rocha Barbosa.

“Tento sempre ajudar esta instituição, assim como outras que existem no Concelho. Tiveram a amabilidade de me nomear o padrinho da ambulância e é um gosto muito grande. Espero que não faça muita falta, mas que tenha muito êxito”, afirmou o empresário, visivelmente feliz.

Na sessão comemorativa, o presidente da Direcção enalteceu a envolvência da comunidade para ajudar a angariar sócios para a Associação Humanitária, mas salientou que “são precisos mais”.

Segundo referiu Arlindo Bago, o apoio da população é basilar para o equilíbrio financeiro da Instituição, uma casa que, nas suas palavras, “pertence a todos”, sendo muito importante que cada vez mais jovens se tornem voluntários da causa dos bombeiros.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

 

Novo Quartel

A necessidade de obter mais equipamentos de protecção individual e a construção do novo quartel foram outras das lacunas apontadas.

Para o presidente da Assembleia-Geral, “seria bom que no próximo ano tivéssemos motivos acrescidos para festejar o aniversário com o lançamento da primeira pedra do novo quartel”.

Para tanto, é necessário que, quanto antes, a Autarquia formalize a prometida cedência de terreno à Associação, a fim de que se possa avançar para o projecto do novo equipamento e posterior candidatura.

Face a este constrangimento que se arrasta há anos, Vassalo Abreu, presidente da Câmara Municipal, preferiu informar que este “velho anseio” da Associação Humanitária vai ter que esperar. “Infelizmente, ainda não vai ser desta. Para já, as candidaturas são apenas para reconstrução e vamos ter que ser todos a dizer que são necessários novos quartéis, da mesma forma que são necessárias novas viaturas”, declarou.

A cerimónia de comemoração do 80.º aniversário contou, ainda, com a presença de Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, de Luís Coelho, presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito, e de Robalo Simões, segundo comandante operacional distrital, entre outras personalidades. 

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
luismanuelarezes@gmail.com
  Partilhar este artigo
📌 Mais da Barca

Junte-se a nós todas as semanas