Calendário com carater solidário “A Eurocidade Tui-Valença não se sente, vive-se!”

Pode encontrar o seu calendário na Câmara Municipal de Valença, na Biblioteca Municipal ou nas Piscinas Municipais.
Os produtos não perecíveis, serão recolhidos e distribuídos, posteriormente, pela Ação Social do Município.

Este ano o calendário tem por lema “‘A Eurocidade Tui-Valença não se sente, vive-se!”

A Eurocidade Tui-Valença lançou o calendário anual para 2023, com paisagens e monumentos das duas cidades, pela mão do artista plástico António Nunes.

A cada mês corresponde uma imagem patrimonial ou paisagística emblemática da Eurocidade.

De Valença, está representada desde a Praça da República e o Edifício dos Paços, à Capela de São Teotónio, passando pelo Monte do Faro, a Capela de Santa Ana, o Largo da Matriz de Santa Maria dos Anjos, a Fortaleza de Valença, a Igreja da Colegiada de Santo Estêvão, a Estação dos Caminhos de Ferro de Valença e a centenária Ponte Internacional.

De Tui, está representada a Capela de San Telmo, o Centro de Interpretación do Parque Natural do Monte Aloia, o Paseo da Corredoira de Tui, a Igrexa de San Domingos, uma perspetiva da Catedral de Santa Maria e do Centro Histórico de Tui.

A distribuição destes calendários terá um carácter solidário adjacente, à imagem do que também acontece em Tui. Assim o cidadão que quiser um dos 400 exemplares do Calendário terá de entregar, em troca, um bem alimentar, não perecível: Leite, Arroz, Massas, Conservas, Bolachas, Azeite ou Óleo.

  Partilhar este artigo

2 comentários

  1. A distribuição destes calendários terá um carácter solidário adjacente, à imagem do que também acontece em Tui. Assim o cidadão que quiser um dos 400 exemplares do Calendário terá de entregar, em troca, um bem alimentar, não perecível: Leite, Arroz, Massas, Conservas, Bolachas, Azeite ou Óleo.
    Para receber um destes bens alimentares, tem de entregar 400 exemplares ???
    Li bem ??? Isto é Solidareidade ???

  2. Peço desculpa, mas entendi mal. Após nova leitura entendo perfeitamente que é o invés.
    Eu fico com um Calendário e em troca faço uma doacção.
    Sinceramente, acham que isto é Solidariedade???
    Os seres humanos a quem serão distribuídos os bens têm massas, óleo, etc debaixo das camas, aguns destes bens há meses, porque é tudo o que lhes dão mas eles só comem, como todos nós, duas vezes ao dia, e muitos deles são vegetarianos e tentam fazer as suas compras nos “supermercados Indianos” onde encontram algo da sua terra.
    Pensem noutras soluções, URGENTEMENTE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nuvem do Minho
claudialabrujominhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo

Amorzito - a maior comunidade de encontros, relacionamento e namoro na língua portuguesa