Compre já a nova edição do livro MINHO CONNECTION

Casa cheia na abertura da exposição comemorativa dos 50 anos do 25 de abril

No passado dia 20 de abril, a Galeria Guntilanis em Vila Praia de Âncora abriu ao público a Exposição Coletiva de Arte comemorativa dos 50 Anos do 25 de Abril envolvendo 50 Obras de 50 Autores, com organização do Lions Clube de Vila Praia de Âncora e curadoria de Mário Rebelo de Sousa.

A sessão de abertura foi presidida pelo Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Caminha, Dr. João Pinto e congitou grande interesse dos artistas representados e do público em geral, num total a rondar as 80 pessoas. 

O Presidente do Lions Clube de Vila Praia de Âncora, Manuel Amial, disse na altura que era “com muito prazer que o Lions Clube de Vila Praia de Âncora inaugura hoje esta Exposição comemorativa dos 50 Anos do 25 de Abril, na senda de muitas outras já realizadas, numa aposta forte no apoio à Cultura e aos seus protagonistas”.

Falando do tema desta Exposição disse também que “Estamos a comemorar um marco histórico vivido em 1974, que pôs termo a 48 anos de ditadura e que ditou o fim da guerra do ultramar que durava desde 1961, após 13 anos de guerra decorridos e na qual muitos de nós nela participaram. Celebrar o 25A é também enaltecer os valores da liberdade e da democracia, mas também pugnar por um maior desenvolvimento para o nosso País, especialmente para os jovens, para as famílias, para os mais idosos e, também para o Setor Cultural

PUB

Mais adiante referiu que “O Lions Clube de Vila Praia de Âncora não podia deixar de se associar a esta comemoração, convidando 50 Autores a apresentar 50 Obras para nos darem a sua visão sobre o 25A, uma revolução que deu um novo rumo a Portugal, e sobre a visão do País que temos vindo a construir”, não se esquecendo de agradecer as suas participações e felicitá-los pelos seus excelentes trabalhos.

A terminar e referindo-se à conduta social do Lions Clube de Vila Praia de Âncora, Manuel Amial disse que “Onde há uma necessidade, há um Lion! Nós Servimos! – uma conduta social que abraçamos e continuaremos a abraçar, neste caso contando com a vossa colaboração e ajuda. Muito obrigado!”.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

De seguida, o Vereador da Cultura, Dr. João Pinto reconheceu o empenhamento do Lions na dinamização da Galeria Guntilanis e o excelente contributo que tem dado ao esforço cultural do Município numa parceria muito virtuosa. Mostrou-se encantado com a beleza desta exposição e agradeceu aos Artistas convidados por terem anuído a esta iniciativa.

Também o Curador Mário Rebelo de Sousa deu algumas notas técnicas sobre a Exposição e agradeceu as colaborações recebidas e recebeu da mão do Presidente do Lions Clube de Vila Praia de Âncora um Diploma de RECONHECIMENTO pelo seu excelente trabalho.

PUB

Todos os 50 Autores representados receberam um Diploma de PARTICIPAÇÃO E RECONHECIMENTO: António Nunes, António Queiroz Aguiar, Belmiro Belém, Cabral Pinto, Carlos Almeida, Carlos Guimarães, Cipriano Oquiniame, Cristina Sardoeira, David Lopes, Domingos Oliveira, Elisabete Leite, Fernanda Araújo, Fernando Barros, Fernando Fernandes, Filipe Fernandes, Isabel Lima, Joana Pinto, João Marrocos, João Miguel, Jorge Simão Meira, José Garcia, José Manuel Marinho, José Maria Fernandes, Laurinda de Brito, Leopoldino Silva, Luís Carvalhido, Luís Morgadinho, Lurdes Rodrigues, Madalena Macedo, Madalena Nevado, Mariana Homem de Mello, Mário Garrido, Mário Rebelo de Sousa, Mário Rocha, Mário Vasconcelos, Martine Costa, Miguel Rocha, Monteiro da Silva, Mutes, Noémia Travassos, Olesya Mohosh, Paulo Barreto, Pedro Máximo, Rosalina Santos, Rosário Pedro, Salgado Almeida, Teresa Nunes, Viana Paredes, Vítor Alves e Vítor Ferreira.

A Prof.ª Maria Simões, de Braga, presente na inauguração, brindou os presentes com a declamação do Poema “A liberdade, sim, a liberdade!” de Fernando Pessoa (Álvaro de Campos), do qual deixamos este extrato: “A liberdade, sim, a liberdade! / A verdadeira liberdade / Pensar sem desejos nem convicções. / … / E salvo este desejo de liberdade e de bem e de ar, que é feito de mim?”.

PUB

A Exposição dispõe de um Livro de Visitas onde podem ser escritas as impressões dos autores e dos visitantes. Respigamos alguns apontamentos das impressões já escritas:

Muitos parabéns, muito obrigada pelo convite. Adorei participar, nesta bela exposição, comemorativa de uma data tão importante para todos” (Cristina Sardoeira);

Tudo que toca a um episódio de liberdade é notável, Viva a Liberdade, Viva o 25 de Abril” (António Nunes); “Muitos parabéns. Grande Exposição. Viva o 25 de Abril com asas de liberdade” (ilegível);

Obrigado por este momento de contemplação” (António Queiroz Aguiar);

PUB

A honra que me dá, a responsabilidade que passei a ter, mas … o prazer de o fazer. 20 anos do 25 de Abril (que delícia) (Mário Rebelo de Sousa);

Agradeço imenso o convite. Excelentes trabalhos” (Olesya Mohosh);

Como filhos da Liberdade que somos, sentimos muito orgulho pela iniciativa, pela dedicação de projetar e dar a conhecer à comunidade a diversidade de artistas.  Deixamos o especial apreço à obra da nossa artista Teresa Nunes, membro integrante da nossa Associação. Nos 50 Anos do 25 de Abril, representa-se nesta exposição a essência desta luta pela liberdade de ser. Ao curador Mário Rebelo de Sousa o maior reconhecimento pela sua entrega. Um abraço e um cravo.” (Joana Cravo – Nuceartes);

e “Toda a minha vida ouvi falar do 25 de Abril em família. Quando hoje visitei esta exposição o meu sentimento era de orgulho pela participação de familiares: tio e filha e amigos. Enquanto me passeei pelos vários andares observando cada obra individualmente, fazendo a minha própria interpretação, senti muito mais do que orgulho familiar – senti que ainda há uma comunidade feita por indivíduos e mentes brilhantes, de corações que sangram, de almas que vestem os anjos e demónios que os outros nem consideram existir. Tenho esperança que a cada geração sejam passados valores que me foram passados pelos meus também, que ditem um futuro digno de ser chamado Viver! Faço uma bênção especial à artista Teresa Nunes, ao Curador Mário Rebelo de Sousa. Parabenizo a dedicação que considero um privilégio ter a oportunidade de observar. Obrigada. Viva a Liberdade» (Eduarda Sousa).

As impressões entretanto deixadas no Livro de Visitas, para além das manifestadas informalmente, atestam a justeza desta iniciativa cultural e de que estamos perante uma excelente Exposição que vale a pena visitar. 

A Exposição vai estar patente ao público nos dias úteis, de segunda a sexta-feira, até ao dia 31 de maio de 2024.

PUB
  Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

geral@minhodigital.pt

  Partilhar

PUB
PUB

Junte-se a nós todas as semanas