Centro Histórico passa a estar interdito a carros aos fins-de-semana

Ao longo de quase três meses de verão, residentes e visitantes do concelho de Vila Nova de Cerveira puderam usufruir de uma programação cultural atrativa e diversificada, vivenciada num ambiente de segurança garantido pela interdição da circulação de carros nas principais artérias do centro histórico.

O impacto positivo leva a Câmara Municipal a dar continuidade a esta medida abrangendo todos os fins-de-semana.

É sabido que o centro histórico da reconhecida ‘Vila das Artes’ tem características muito particulares pois, apesar de uma dimensão relativamente reduzida, existe uma concentração de espaços comerciais e turístico-patrimoniais muito significativa. Entre julho e setembro, as principais artérias foram devolvidas às pessoas em detrimento da circulação automóvel, sendo visível famílias e grupos de turistas a desfrutar não só dos eventos, como também dos pontos de interesse, sem a preocupação de estarem constantemente vigilantes à passagem de viaturas.

Neste sentido, e de forma a efectivar uma mobilidade cada vez mais sustentável, contribuindo para um ambiente menos poluído, quer a nível de emissões quer de ruído, promovendo a circulação pedonal e uma verdadeira fruição do espaço público, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira avança com a interdição do trânsito automóvel aos sábados e domingos, em sete artérias do centro histórico – Rua António José Duro, Terreiro e Praça da Liberdade até ao entroncamento da Rua do Cais; Rua Queiroz Ribeiro, desde a Rua do Arrabalde até à Praça da Liberdade; Rua César Maldonado; Rua Costa Brava; e Rua Costa Pereira.

PUB

Esta medida exclui residentes, actividades económicas, recolha de resíduos sólidos urbanos, agentes de proteção civil, táxis e viaturas municipais, devendo ser assegurado o encerramento após a passagem pelas cancelas/floreiras. Por sua vez, as cargas e descargas ficam salvaguardadas com proposta de lugares permanentes na Praça do Alto Minho, Rua 25 de Abril e Praça 16 de Fevereiro.

Não obstante, atendendo ao posicionamento da Igreja Matriz no desenho urbano, e por frequentemente serem verificadas situações desconfortantes durante a realização de celebrações religiosas, a Câmara Municipal estipula ainda a interdição temporária à circulação automóvel na Rua António José Duro, no Terreiro e na Praça da Liberdade até ao entroncamento da Rua do Cais, durante casamentos, baptizados, funerais, ou outros eventos de cariz religioso.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

 

 

PUB
PUB
  Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

press@maniadigital.pt

  Partilhar

PUB
📌 Mais de Cerveira
PUB

Junte-se a nós todas as semanas