Desportiva Os Limianos, EDL e Clube Náutico de Ponte de Lima

Comunicado de Imprensa
Desportiva Os Limianos, EDL e Clube Náutico de Ponte de Lima

Considerando que o Associativismo desportivo assume um proeminente papel na sua projeção e no seu desenvolvimento integrado, sendo reconhecido o seu valor social e também muitas vezes, sendo a única via de acesso à prática do desporto por parte de diferentes grupos de cidadãos, a Câmara Municipal de Ponte de Lima deliberou celebrar protocolos de cooperação com a Associação Desportiva “Os Limianos”; a Escola Desportiva Limiana – EDL e o Clube Náutico de Ponte de Lima, no valor total 75.222,82€.

O apoio financeiro atribuído a cada clube visa assegurar o fomento desportivo, sobretudo nos escalões etários mais jovens.

Assim, o protocolo celebrado com o Clube Náutico, cujo valor é de 14.000€ visa definir as bases da colaboração a desenvolver entre ambas as partes com vista à realização da época desportiva/formativa e determinar critérios de utilização das instalações do Clube Náutico de Ponte de Lima.

Para a Escola Desportiva Limiana, a verba aprovada foi de 13.500€. Os conteúdos do protocolo são semelhantes, nomeadamente preparar a próxima época desportiva/formativa e determinar os critérios de utilização dos pavilhões Municipais e Piscinas Municipais pela EDL, bem como definir o acordo com a disponibilidade de horários disponíveis nos vários espaços mencionados.

O Protocolo a celebrar com a Associação Desportiva Os Limianos, contempla uma comparticipação de 47.722,82€, no sentido de apoiar as seguintes modalidades: Futebol, Hóquei em Patins e Patinagem Artística em todos os seus escalões, podendo no futuro ser extensível a outras modalidades,

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

 

O Executivo aprovou ainda atribuição de subsídios ordinários às Associações Culturais e Desportivas, no valor de 14.618,22€.

De acordo com a proposta aprovada são contempladas as Associações que cumpriram determinados critérios, como a legalidade, primeiro critério a estabelecer, ou seja, cada associação deve possuir personalidade jurídica e órgãos sociais regularmente eleitos.

Ao nível do seu desempenho, estas agremiações, tem de mostrar um trabalho ativo e inovador, implementando projetos e perspetivas que visem o desenvolvimento sócio cultural das comunidades onde estão implementadas.

A par da formação de projetos e atividades, as associações devem estabelecer um plano de atividades anual, rigoroso e com sustentabilidade económica própria.

Cada coletividade tem de apresentar o Plano de Atividades, Orçamento e Relatório de Contas, devidamente aprovado em Assembleia-Geral.

PUB
  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
  Partilhar este artigo
PUB
📌 Mais do Lima
PUB

Junte-se a nós todas as semanas