DKC de Viana com mais campeões nacionais em Slalom

Alexis Esperança. Cristóvão Esperança e Américo Castro são campeões nacionais de slalom. Pedro Martins e Lucas Jacob (sub 23) Vice campeões. Daniela Almeida e Lucas Jacob conquistaram Bronze.

Após vencer colectivamente o Campeonato Nacional de Esperanças de Slalom, foi a vez de nas águas bravas, em slalom, em pleno Nacional, a DKC de Viana sagrar mais três campeões nacionais, um vice-campeão nacional e obter mais uma medalha de bronze, totalizando mais sete medalhas conquistadas em campeonatos nacionais.

Desta vez o palco foi Amarante na pista do Penedo do Açúcar, numa prova dura, com fortíssimo caudal no limiar das condições objectivas para efectuar a última competição da época da Federação Portuguesa de Canoagem,

Sob os auspícios da organização do Aventura Marão Clube, organizador e do organizador do percurso, o recém-chegado seleccionador nacional Iago Canosa (iniciou a meados de 2022 o seu percurso na selecção nacional portuguesa), foram delineados três percursos, de grau de exigência em crescendo, o que tornou a competição ainda mais exigente, afastando muitos atletas do apuramento em termos de tempo de controle.

A equipa deste clube vianense fez-se representar com doze dos seus melhores atletas, destacando-se a ausência de três atletas por motivos profissionais, nomeadamente Antoine Launay, Damien Launay e Luca dos Santos.

No primeiro dia, as competições iniciaram com patrulhas em k1. A patrulha da DKC de Viana foi composta por Lucas Jacob, Alexis Esperança e Cristóvão Esperança.

As eliminatórias do primeiro dia trouxeram sinais da possibilidade de conquista de títulos nacionais por parte da DKC, tendo vencido cinco eliminatórias em k1 sénior (e sub 23), k1 júnior, k1 cadete, k1 master B e k1 master C.

Sendo eliminadas as atletas k1 sénior feminina, k1 júnior feminina e k1 cadete feminina da DKC pois os tempos de controle aferem-se pelos tempos dos atletas masculinos, não deixando muitas hipóteses à atletas femininas de passarem eliminatórias, tendo passado à final no sector feminino apenas uma atleta de cada categoria.

No segundo dia vieram as conquistas. Alexis Esperança em k1 júnior, Cristóvão Esperança em k1 master B e Américo Castro em k1 master C sagraram-se campeões nacionais. Lucas Jacob é vice-campeão em k1 sub 23 e terceiro sénior k1 e Pedro Martins conquistou o título de vice campeão nacional em k1 cadete. Por equipas o quarto lugar face às ausências de três atletas de bom nível.

Também há embarcações que não pontuaram devido ao estado de algum material que está deteriorado e que dificilmente vai ser reposto, pois com o dito que nos dirigiram de que os “clubes tem de ser auto-suficientes”, revela da pouca importância que alguns dão ao associativismo no ponto de vista em que as associações se substituem ao papel do estado na prática do desporto e hábitos de vida saudáveis. O caminho não será certamente para melhorar as condições desta associação, o que já tem os seus reflexos nos resultados, mas é o sinal dos nossos tempos e há que adaptar.

 

Resultados:

Alexis Esperança – campeão nacional k1 júnior

Cristóvão Esperança – campeão nacional k1 master C

Américo Castro – campeão nacional k1 master B

Pedro Martins – vice campeão nacional k1 cadete

Lucas Jacob – vice campeão nacional k1 sub 23

Daniela Almeida – 3º lugar k1 infantil feminino

Lucas Jacob – 3º lugar k1 sénior

Marta Jooris – 4º lugar k1 infantil feminino

Francisco Pereira – 5º lugar k1 infantil

Tiago Vieira – 7º lugar k1 infantil

Patrulha sénior – 8º lugar k1 Patrulhas

(Créditos das fotos – Ernesto Rodrigues)

 

  Partilhar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nuvem do Minho
jornalminhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo
📌 Mais de Viana

Amorzito - a maior comunidade de encontros, relacionamento e namoro na língua portuguesa