Entrevista com a escritora D. Umbelino

D. Umbelino é brasileira de Minas Gerais, tem 45 anos e estreia como escritora com seu romance Vermelho Caos, que concorre ao 7.º Prêmio Kindle de Literatura da Amazon.

w

Gestora em uma empresa estatal, formada em Direito e especialista em Criminologia, a escritora sempre teve interesse no estilo de filmes e literatura que envolvessem a temática do drama psicológico e criminal, com uma boa dose de suspense, características presentes em seu romance de estreia. 

w

“(…) Há vários livros dentro de nós. Não importa o que é escrito e sim o ato. É libertador, terapêutico e uma forma de integração com o outro, com o mundo, a partir do que a princípio seria só seu. Aventure-se!”

 w

Boa leitura!

w

Escritora D. Umbelino, é um prazer contarmos com a sua participação na Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia. Conte-nos, o que a inspirou a escrever “Vermelho Caos”?

D. Umbelino – Sempre digo que há muitos livros dentro de nós e acredito que este pediu para ser escrito, pois a narrativa há cerca de 20 anos faz parte do meu imaginário, com variações, que agora materializaram-se nessa escrita.

 w

Após a inspiração, quanto tempo levou para escrita e publicação do livro?

D. Umbelino – O livro apresenta sua história dividida em sessões de terapia entre paciente e psicóloga. Cada sessão foi escrita separadamente por cerca de um ano e depois condensada em um fio com começo, meio e fim – fim este bastante surpreendente, diga-se de passagem! Então posso dizer que a materialização do projeto, entre escrita e publicação, durou um ano. O livro foi publicado em 29 de julho de 2022 e já na sua estreia experimentou ótimas classificações no ranking da Amazon.

 w

Apresente-nos a obra.

D. Umbelino – Ela o recebe em seu consultório, sem prever a mistura de sentimentos que poucos encontros suscitariam neles. Apesar de serem dois estranhos, pairava no ar a sensação de que algo os unia, mesmo que eles não pudessem definir. Em meio ao caos de seus pensamentos, ela já não sabia dizer onde sua existência terminava para que a dele começasse. Ou sabia? Um desafio audacioso: descobrir o que está por trás daquilo que projetamos no outro.

 w

Quais os principais objetivos a serem alcançados por meio da leitura de “Vermelho Caos”?

D. Umbelino – O livro é um suspense psicológico, estilo thriller e, pelo feedback que sempre recebo dos leitores, meu objetivo principal – que era envolver o leitor em um enredo que vai aos limites em várias etapas, contendo várias reflexões sobre a vida, a relatividade da ética, de conceitos sociais e religiosos – vai além, surpreendendo pelo absurdo que toma por vezes o rumo da história, prendendo o leitor, confundindo-o, fazendo com que ele ame e odeie.

 w

O que mais a atrai no enredo que compõe a obra?

D. Umbelino – Sua capacidade de envolver e surpreender, do que só tive consciência após a publicação.

 w

A quem indica leitura?

D. Umbelino – A adultos que gostem de uma leitura que incomoda, prende, choca e surpreende.

 w

Você tem outros livros publicados, se sim apresente-nos.

D. Umbelino – Estou em outro projeto, bem diferente do primeiro, em que está em criação uma nova sociedade, feminina e distópica, com pitadas de ficção científica e política. Nos últimos dias tenho pensado bastante no título, e pela dificuldade em encontrá-lo, sinto que ainda terei muito trabalho em maturar esse novo livro, mas pretendo lançá-lo já no primeiro semestre de 2023.

 w

Onde podemos comprar os seus livros?

D. Umbelino – Vermelho Caos, por estar concorrendo ao 7º Prêmio Kindle de Literatura, está disponível exclusivamente na Amazon, sob a forma de e-book. Na minha página do Instagram @d.umbelino.escritora há publicação de resenhas, motivos para ler, quotes realizados por leitores que já experienciaram o livro, para quem queira conhecer mais sobre a obra.

 w

O que a literatura representa para você?

D. Umbelino РAbertura da mente. Minha leitura preferida ̩ sempre sobre realidades diferentes da nossa, sejam reais de outros tempos ou fantasias. Sinto que nesse tipo de temas, podemos abrir os portais para al̩m do que ̩ apenas visto, captado pelos nossos sentidos. E assim podemos ir al̩m da nossa realidade material, que ̩ restrita.

 w

Como concilia vida pessoal, profissional, com a escrita?

D. Umbelino – Escrever, antes de tudo, é um prazer. E para o prazer sempre há tempo.

 w

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor a escritora D. Umbelino. Agradecemos sua participação na Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

D. Umbelino – Todos deveriam escrever algo. Como disse anteriormente, há vários livros dentro de nós. Não importa o que é escrito e sim o ato. É libertador, terapêutico e uma forma de integração com o outro, com o mundo, a partir do que a princípio seria só seu. Aventure-se!

 w

Divulga Escritor, unindo você ao mundo através da Literatura

Quer ser entrevistado? Entre em contato com nosso editorial, apresentaremos proposta.

Contato: smccomunicacao@hotmail.com

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
smccomunicacao@hotmail.com
  Partilhar este artigo