“Entruidos” de Soajo animaram Carnaval à moda antiga

Foliões

O cortejo carnavalesco de Arcos de Valdevez, devido ao mau tempo, foi adiado para este domingo, 14 de fevereiro. Mas em várias localidades do concelho brincou-se ao Carnaval.

No coração do único Parque Nacional, realizou-se, primeiro, um baile de “entruidos”, para recuperar uma velha tradição de Soajo, e, depois, um desfile de mascarados, onde a folia esteve de braço dado com a modernidade.

Sem políticos caricaturados nem sátira social, o baile de 6 de fevereiro recuperou os festejos carnavalescos de tempos idos. Ao som de ritmos que perduram pelo tempo, e com um borralheiro por perto para aquecer o corpo e a alma, o grupo aguardou um pouco na esplanada do Café Jovem até ao início do desfile. Os concorrentes, todos fantasiados (exceto um…), espalharam alegria e “passearam” máscaras, perucas, trajes tradicionais (vestes pretas, da cabeça aos pés, a retratar os fatos de noiva do início do século XX), rendas a tapar a cara e tamancos, não tendo lá faltado acessórios como chocalhos, varredouros, cabaças, lanternas e outros “feitiços”.

PUB

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

PUB

A animar o baile, em permanência, esteve um extrovertido concorrente, que ganhou o concurso por um ponto tangencial. Por decisão do júri, o prémio (diversificado cabaz de produtos) foi atribuído ao participante número 12, que “arrancou” ruidosas gargalhadas com coreografias e poses ousadas. No “alinhamento” seguinte, para fim de festa, cantou-se e dançou-se ao som da concertina, dedilhada por Francisco Barros.

Apesar do mau tempo, os soajeiros não pediram licença e voltaram a festejar, no dia 9 de fevereiro, o Carnaval fora de casa. Ao todo, 37 mascarados deram largas à imaginação na Casa do Povo de Soajo.

PUB

Disfarçados de palhaços, piratas, monstros, princesas, suínos, “velhinhos”, entre outras “brincadeiras” que ninguém levou a mal por ser Carnaval, os foliões revelaram criatividade de sobra para um bem-conseguido serão.

Venceu o concurso de adultos a concorrente número 13, Rose Galopim. De entre os petizes, Luna Araújo (participante número 11) foi a grande vencedora. Levaram para casa bolachas e outras guloseimas.

Sob organização da Casa do Povo, que ofertou um lanche a todos os presentes, muitos soajeiros, de várias idades, aproveitaram, pois, da melhor maneira o momento de folia para brincarem ao Carnaval com ritmos alegres.

Este domingo, se S. Pedro ajudar, há mais na sede do concelho…

PUB

 

 

 

PUB
  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
PUB

Junte-se a nós todas as semanas