Compre já a nova edição do livro MINHO CONNECTION

Escritor Marcelo Brambilla revela-nos ‘O Segredo de Spalla’

shirley_cavalcante_perfil.jpg

 

 

 

PUB

 

Shirley Cavalcante

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

Jornalista / Editora de Lusofonia

 

PUB

Filho de Olympio Brambilla e Nilde Scomparin Brambilla é natural de Descalvado, uma pequena cidade do interior paulista.

Apaixonado por esportes formou-se em Educação Física, depois em Pedagogia, dedicando-se há mais de três décadas à formação de crianças e jovens. É professor na Rede Estadual em São Paulo, trabalhou na Prefeitura Municipal de Descalvado e hoje também é professor da Rede Sesi – SP. Teve em sua mãe o maior exemplo e incentivo ao amor pela literatura. Durante a pandemia, ficou longe da agitação das aulas e impedido de realizar as suas viagens de moto, começou a escrever. É o escritor da Saga, O Segredo de Spalla, com três livros lançados pela Editora Ases da Literatura e o quarto livro quase finalizado. Lembra que a Saga ainda deverá contar com pelo menos mais quatro livros antes de ser finalizada.

 

PUB

“Aliás, a tríade Respeito, Honra e Dignidade, assim como combate aos vários tipos de preconceito acontecem em várias passagens do livro, fortalecendo a importância dos valores morais.”

 

Boa leitura!

PUB

Escritor Marcelo Brambilla, é um prazer contarmos com a sua participação na Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia. Soube que és autor da série “O Segredo de Spalla”, estás lançando a terceira obra que compõe a série. Conte-nos o que o lançamento desta série representa para você?

Marcelo Brambilla – Eu sempre quis escrever, mas acreditava que o livro seria voltado para o basquetebol, o esporte preferido, pelo qual dediquei grande parte da minha vida. Como professor, sempre pensei em deixar algo que marcasse a minha passagem pelas escolas em que trabalhei. Assim, deixaria um livro de basquete. Felizmente veio essa ideia de escrever um livro dentro da realidade fantástica e as ideias e os personagens pareciam pedir passagem e mais tempo na história. O livro acabou se tornando muito longo, cabendo em alguns livros. Eu particularmente vejo o terceiro livro  como uma  marca de desenvolvimento literário, principalmente na evolução da escrita, talvez pela conquista de uma escrita mais segura.  Ele certamente trará uma percepção mais madura, com maior liberdade nas palavras. Os dois primeiros aconteceram juntos e foram concebidos e publicados ao mesmo tempo. O terceiro veio logo depois, porém rebuscando os detalhes dos dois primeiros e agora a fantasia está cada vez mais presente, explicando fatos passados e desvendando alguns segredos. É uma satisfação muito grande poder ser reconhecido pela autoria dos livros.

Apresente-nos os principais personagens da série,  destacando quais personagens dão inicio a trama, e depois, quais personagens foram surgindo com o lançamento dos novos livros, informando o papel de cada um para construção e desenvolvimento de cada obra?

Marcelo Brambilla – Buhba é o garoto da República Democrática do Congo, o escritor do livro que conta a Lenda O Segredo de Spalla. Spalla e Castiel dão o tom do romance avassalador que atravessa os séculos em busca de desvendar o segredo que os une brevemente no plano terreno e faz com que jamais se encontrem no plano espiritual. Eles vivem passagens incríveis, com as várias histórias através dos séculos muito detalhadas, vivendo fatos reais, com uma ressignificação e romantização intensa. Adele é uma personagem fantástica que aparece nos mais variados momentos da trama. Lúcifer, Azazel e Lilith são os seres das sombras que foram expulsos do Reino dos Céu pelo Arcanjo Miguel, e que travam incansáveis batalhas para capturar Spalla e conquistar os poderes de Deus. Como o livro trás várias passagens através dos séculos existem muitas outras personagens que vão encantar os leitores com certeza. Os pais de Buhba vivem histórias eletrizantes como uma professora da África e um segurança do Parque Nyiragongo. Vários governante poderosos seduzidos pelos seres das sombras, têm uma ressignificação fictícia de suas passagens pela história, desvendando a verdade sobre as maiores guerras e batalhas da humanidade. Será impossível não se apaixonar pelos cães, lobos e gorilas tão presentes na defesa da lenda.

Quais critérios foram usados para escolha dos nomes? Comente alguns.

Marcelo Brambilla – Tem uma história legal do primeiro livro. Como ele surgiu de maneira um tanto quanto despretensiosa, muitas personagens tinham os nomes dos meus parentes e amigos. Com mais de mil páginas escritas da lenda, havia a necessidade de um grande número de personagens. Depois os nomes dos amigos deram lugar a outros nomes. Mas, meus amigos sabem que estão homenageados lá. Alguns nomes foram rebuscados em fatos históricos ou bíblicos e foram mantidos, apesar da ressignificação em suas passagens. Spalla revive em algumas passagens marcantes como Agnieszka a professora caçada na Segunda Guerra Mundial, Maris, a vendedora de Scarborough Fair e  Pin Qituf, a índia que foi expulsa de sua tribo e mesmo assim enfrentou o General Custer para salvá-los.

Quais critérios foram usados para o título da obra, pensou em outro nome, ou sempre foi “O Segredo de Spalla”?

Marcelo Brambilla – Se me recordo bem, o nome veio antes do início da escrita. Confesso que no início tudo parecia uma brincadeira em que quase ninguém acreditava que pudesse virar um livro, nem mesmo eu.  O nome foi escolhido porque a personagem principal foi criada de uma parte do ombro de Deus e tem uma ligação muito forte com a música. Spalla significa ombro em italiano e também é o local onde ela apoiava o violino, o instrumento que emitia o som que encantava os ouvidos de Deus. O Segredo de Spalla é a busca por resolver a imposição divina que lhes promove breves encontros terrenos e eternos desencontros espirituais. Bem, falando em música e criação de Spalla, aqui vai um spoiler. Lilith era a voz que encantava os ouvidos de Deus, até que Spalla fosse criada. Quando Deus dividiu os Seus olhares e ouvidos entre elas, Lilith criou a inveja e se uniu a Lúcifer e Azazel para a conquista dos poderes de Deus e para isso eles precisavam sequestrar Spalla.

Como vem sendo o feedback dos leitores? tem algum em especial, quantos livros já foram produzidos, o que sente ao saber que sua escrita é lida por leitores de diversas localidades e cultura?

Marcelo Brambilla – O feedback tem sido bastante favorável. Os leitores mais perto de minha cidade têm se divertido e se emocionado bastante com as personagens e suas passagens através do tempo e espaço. Também tenho recebido muitas mensagens de pessoas pelas redes sociais elogiando bastante, desde a capa até às emoções transmitidas pela leitura. Muitos preferem os livros enviados pelo correio para terem o exemplar autografado. Fico feliz quando alguns dizem ter chorado em algumas passagens. Outro dia uma leitora de São Paulo me enviou uma mensagem dizendo ter usado a história do cavalo para ensinar a filha sobre valores morais. Aliás, a tríade Respeito, Honra e Dignidade, assim como combate aos vários tipos de preconceito acontecem em várias passagens do livro, fortalecendo a importância dos valores morais.

Apresente-nos sinopse das séries.

O Segredo de Spalla – A Lenda “O Segredo de Spalla” é contada por Buhba, um jovem pobre da República Democrática do Congo, que tem a sua vida transformada após conhecer Tommy, um piloto de motovelocidade, aficionado por velocidade, e Carol, uma renomada maestrina, que tem a música em sua alma, um dom divino. O casal vive várias encarnações ao longo dos séculos, tentando desvendar o segredo de uma imposição divina que lhes promove encontros terrenos e desencontros espirituais.

Eles carregam as marcas do Toque de Deus em seus ombros, marcando o reencontro do casal no plano terreno, que é breve, mas envolto em uma paixão avassaladora. Procurados incansavelmente por organizações religiosas e governantes alucinados pelo poder, a verdade sobre grandes guerras e batalhas da história da humanidade é esclarecida. É uma história eletrizante, do começo ao fim, com os protagonistas travando batalhas dentro e fora das pistas, com encarnações de espíritos maus, impulsionados pela inveja e cobiça aos poderes de Deus.

Em meio às conquistas e derrotas, existe a busca incansável pela evolução espiritual e pela aproximação à Deus, onde os valores morais formam uma nova trindade baseada no respeito, honra e dignidade. A polêmica é criada quando organizações religiosas, governos e outros poderosos tentam se aproximar de Spalla para chegar até o verdadeiro Deus.

E pra você, leitor, onde está o verdadeiro Deus?

O Segredo de Spalla: O Reencontro – Carol, recuperada do transplante, volta a trabalhar com sua orquestra na Áustria. Enquanto isso, Buhba recebe a visita de Tommy, pois apenas ele consegue o contato no plano espiritual, e, a partir desse momento, começa a escrever o livro O Segredo de Spalla, que irá ajudá-los em um futuro reencontro.

Suas vidas passadas são marcadas pelo intenso amor, pela entrega e pela trágica separação em meio às maiores guerras e batalhas da história da humanidade, onde o maior objetivo era chegar até Spalla e, consequentemente, ao encontro com Deus. Tommy conta detalhes de suas vidas ao lado de Carol, vividas como uma professora enfrentando nazistas na Segunda Guerra Mundial, uma índia contra o exército americanos na Batalha de Little Bighorn e como a amável vendedora de Scarborough Fair, enfrentando o poderoso Lord Crowel.

O Segredo de Spalla: Revelações – Nascido em meio à destruição imposta pela guerra civil do Iêmen, Ali e sua família são resgatados por Buhba, o amigo de muitas vidas. Sob a proteção do deserto, no Oásis de Qara, ele assiste ao passeio das estrelas pelo céu, tentando desvendar O Segredo de Spalla. Pressentindo a necessidade de descobrir quem é a mulher que vigia os seus sonhos, lhe prometendo que logo estará ao seu lado. Anos mais tarde, Spalla renasce no corpo de Olivia, a mais pura representação da evolução humana, para reviver o seu amor eterno. Os olhos da alma lhe deram a visão de um mundo paralelo, reproduzido na batalha entre a luz e as trevas, entre o bem e o mal. A distância que os separa no plano espiritual não é capaz de diminuir a intensidade dos sentimentos e emoções vividos na Terra. Seduzidos por Lilith e Azazel, os governantes das maiores potências mundiais se unem em meio a uma guerra para derrotar o Arcanjo Miguel, o mais nobre guerreiro, e sequestrar Spalla, que poderá levá-los à conquista dos poderes de Deus. Sobre as revelações? Elas acontecem do início ao fim do livro, entre chegadas e partidas inesperadas, a cada palavra, e no respiro de cada vírgula. Basta ler com os olhos sempre voltados para o infinito.

Estes já estão disponíveis, onde podemos comprá-los?

Marcelo Brambilla – Os três primeiros livros já estão disponíveis na Amazon, nas maiores lojas de vendas online como: Magazine Luiza, Americanas, Casas Bahia, Ponto Frio, Estante Virtual e outras.

O Segredo de Spalla  https://a.co/d/cE9YO3f

O Segredo de Spalla : o reencontro  https://a.co/d/6NGFvUC

O Segredo de Spalla: revelações https://a.co/d/9K8ND99

Apresente-nos o quarto livro da Série, já tem previsão para o lançamento?

Marcelo Brambilla – O quarto livro está na fase final de escrita e quero terminá-lo até junho. Mas, ainda sem previsão para lançamento. Vai se chamar O Segredo de Spalla: Lilith e vai trazer um romance totalmente inesperado. Claro que estamos falando do amor de Lilith.

Como vem sendo o apoio da família? Comente como vem sendo os momentos para escrita, quais os horários que costuma escrever, um pouco da sua rotina de escritor.

Marcelo Brambilla – A minha família sempre foi o meu porto seguro. Eu sinto muito não ter começado a escrever antes e proporcionar esse momento também para o meu pai, que era mais um grande incentivador em todos os meus projetos, assim como são a minha mãe e meus irmãos. Nesse ponto também incluo alguns amigos  irmãos que a vida me presenteou.

Como professor de duas escolas não me sobra muito tempo para escrita. O que tento fazer é manter uma rotina com algum tempinho durante a semana e nos finais de semana. É preciso abdicar de muitas coisas e focar não somente os pensamentos, mas principalmente deixar o coração e alma participarem da escrita.

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor o escritor Marcelo Brambilla. Agradecemos sua participação na Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia. Conte-nos, em sua opinião, o que cada leitor pode fazer para ajudar a vencermos os desafios encontrados no mercado literário brasileiro?

Marcelo Brambilla – Nos últimos anos o Brasil perdeu mais de cinco milhões de leitores e isso é inadmissível em um país que ainda tenta banir o analfabetismo real e funcional. É preciso criar nas escolas programas que fortaleçam não somente a competência leitora, mas também a competência escritora. Eu tenho conversado com muitos leitores, inclusive vários alunos que abrem seus segredos dizendo que escrevem, mas não têm segurança para mostrá-los. Quando me mostram eu me surpreendo com a qualidade dos projetos, em poesias, suspense ou outros estilos.  Em breve quero atuar como um incentivador verdadeiro para que novos escritores possam surgir. Outro fator que quero ressaltar é que não existe incentivo maior para formar leitores do que o exemplo dos pais dentro de casa.

Quero agradecer ao convite para participar novamente. Será sempre um grande prazer.

 

Divulga Escritor, unindo você ao mundo através da Literatura

Quer ser entrevistado? Entre em contato com nosso editorial, apresentaremos proposta.

Contato: smccomunicacao@hotmail.com

 

PUB
  Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

jornalista.manso.preto@gmail.com

  Partilhar

PUB
PUB

Junte-se a nós todas as semanas