Escritora Maria Graça Melo lança ‘Em Tempo de Pandemia’

Capa do livro

Devido à situação que o país atravessa, não será feito um lançamento presencial da obra, pelo que a sua aquisição (11,20 € com portes incluídos) já poderá ser feita junto da autora através do e-mail fast.livro@gmail.com

 

Sinopse

 

O mundo fechou-se pela ameaça real de um inimigo invisível.

 

A quarentena foi decretada e fecharam-se: empresas, fronteiras, confinaram-se as pessoas dentro de suas casas.

 

A vida ficou em “stand by” mas a esperança num futuro melhor, nunca morreu.

 

A autora dá a volta ao mundo através de notícias tornadas públicas, mostrando um retrato de cada cantinho do globo que sofre quase em simultâneo com a mesma calamidade, cada um à sua maneira e com as suas limitações e estratégias.

 

A circularidade do globo torna-se evidente quando as pessoas servem de veículos para operar a intercomunicabilidade, que tudo leva e tudo traz.

Maria Graça Melo

(pseudónimo de Maria da Graça Ferreira de Araújo)

Nasceu no Porto, no dia 13 de agosto de 1950, onde estudou até o 2º ano do liceu; dos 12 aos 14 anos viveu na Alemanha. Foi para Angola onde completou o 7º ano do liceu, trabalhou como secretária tendo regressado definitivamente para a Europa em 1984. Depois de passar por vários países europeus, numa tentativa de adaptação, fixou-se em Portugal a partir de 1989. Tirou vários cursos ligados às letras, incluindo o de solicitadora, e um de contabilidade e gestão. Profissionalmente desempenhou funções de administrativa; secretária; diretora; gerente financeira, etc. Tem organizado algumas feiras de livros de autor. Escreve desde os 14 anos, mas tudo o que escreveu até aos 35 ficou, fisicamente, em Luanda juntamente com um sonho de vida, continuando, no entanto, no seu subconsciente, de onde vai brotando amiúde, segundo palavras da própria.

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
jornalminhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo
📚  Mais Livros