FBAC promove Ciclo de Conferências Internacionais

Partindo da temática da liberdade, a Fundação Bienal de Arte de Cerveira (FBAC) vai promover um Ciclo de Conferências Internacionais, ao longo do ano, com duas mesas redondas e uma conferência internacional. O programa arranca a 27 de abril (sábado), no Fórum Cultural de Cerveira, pelas 16h00, com uma mesa-redonda dedicada à temática “Arte, Educação e Comunidades”. A entrada é livre.

A XXIII Bienal Internacional de Arte de Cerveira, que irá decorrer de 20 de julho a 30 de dezembro, vai lançar aos públicos a pergunta És Livre?, convidando artistas e pensadores a refletir em torno do tema da liberdade, problematizando questões associadas aos valores democráticos conquistados na Revolução de Abril de 1974 e nos quais se alicerça o legado histórico e cultural erigido pela Bienal Internacional de Arte de Cerveira, cuja origem remonta a 1978.

Partindo desta temática, a FBAC vai convidar um grupo de personalidades para participar em formato de mesa-redonda e discutir vários temas transversais à sua missão: “Arte, educação e comunidade” e “Igualdade, cooperação e memória”, nos sábados 27 de abril e 10 de agosto respetivamente.

Dedicada à temática “Arte, Educação e Comunidades”, a primeira sessão decorrerá a 27 de abril, com moderação de João Duarte, museólogo da FBAC e investigador da CITCEM-FLUP, IACOBUS-USC, e terá como oradores: Sandra Barros da burilar; Marisa Adegas, do Museu do Douro; Manuel Santos Maia, da Universidade Lusófona, Matilde Seabra, da Câmara Municipal do Porto e Mafalda Santos, da equipa curatorial e de programação e da ESE-IPVC. Pretende-se que os convidados discutam o papel dos museus e das práticas artísticas contemporâneas, na construção de um projeto educativo que envolva comunidades e instituições, tendo como referência para a construção de pensamento a sua atividade profissional e de investigação.

PUB

O encerramento do ciclo de conferências será a 23 de novembro de 2024 com a realização de um Congresso Internacional que convoca a comunidade académica e artistas a apresentarem propostas de investigação que cruzem a produção e programação artística com a temática da XXIII BIAC. A FBAC convida, assim, à apresentação de trabalhos de investigação e propostas de investigação artística, originais, que reflitam sobre Arte e Liberdade na contemporaneidade. A call for papers e call for artists irá decorrer de 1 de julho a 31 de agosto de 2024.

Recorde-se que para o biénio 2023/2024, que desembocará na organização da XXIII Bienal Internacional de Arte de Cerveira (2024), a FBAC está a convocar novos olhares – de artistas, curadores, colecionadores e de outras estruturas de criação e programação – para pensar a Liberdade, em tempos complexos como os que vivemos. “ÉS LIVRE?” é a pergunta colocada, de forma direta, aos públicos, antecipando e assinalando os 50 anos do 25 de abril de 1974. A FBAC, que integra a Rede Portuguesa de Arte Contemporânea, é uma estrutura financiada pela República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

 

Programa

PUB

16h00 – Mesa redonda “ARTE, EDUCAÇÃO E COMUNIDADES”

 

Sandra Barros, burilar

PUB

Marisa Adegas, Museu do Douro

Manuel Santos Maia, Universidade Lusófona

Matilde Seabra, Câmara Municipal do Porto

Mafalda Santos, FBAC, ESE-IPVC

PUB

Moderação: João Duarte, FBAC, CITCEM-FLUP, IACOBUS-USC

 

17h30 – Conversa com o público

18h00 – Encerramento

PUB
  Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

geral@minhodigital.pt

  Partilhar

PUB
📌 Mais de Cerveira
PUB

Junte-se a nós todas as semanas