Grande Prémio do Minho traz 162 ciclistas de 11 nacionalidades a Viana do Castelo

O Grande Prémio do Minho – Viana do Castelo Cidade Europeia do Desporto 2023 irá para a estrada nos dias 21, 22 e 23 de julho, sendo a etapa rainha, no último dia, em Viana do Castelo.

O pelotão, de 162 ciclistas, entre 14 equipas portuguesas, 12 equipas espanholas e uma equipa francesa, conta com atletas de 11 nacionalidades.

Nesta prova marcam presença atletas de Portugal, Espanha, Inglaterra, Brasil, Argentina, Roménia, França, Áustria, Costa Rica, Alemanha e Países Baixos. A vianense Tensai Sambiental Santa Marta fará equipa mista com a A.D.R.A.P. de Penafiel.

Ao longo dos três dias de competição, os juniores das 27 formações, nacionais e estrangeiras, percorrerão 305 km, lutando por seis prémios de montanha e sete metas volantes.

PUB

Em Viana do Castelo, dia 23 de julho, vão percorrer 90 kms, com partida e chegada no Campo d’Agonia, passando por Darque, Cabedelo, Castelo do Neiva, Barroselas, Vila Verde, Ponte de Lima, Meixedo, Senhora do Minho, Meixedo, Amonde, Orbacém, Outeiro, Santa Marta de Portuzelo, antes de retornar à cidade. A prova no concelho vianense inicia pelas 12h00 e terminará por volta das 14h15.

Já a primeira etapa vai fazer a ligação de Azurém – Azurém (Guimarães), 106 kms, e a segunda etapa Oliveira Santa Maria – Oliveira Santa Maria (Vila Nova de Famalicão), 108 kms.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

O Vereador do Desporto, Ricardo Rego, indicou que, no âmbito da Cidade Europeia do Desporto, esta é uma relevante prova, já que “queremos reforçar a modalidade e cimentá-la em Viana do Castelo”.

O Presidente da Associação de Ciclismo do Minho, Joaquim Mendes, referiu que o Município vianense, “desde a primeira abordagem” demonstrou “total abertura para ser parceira e acolher esta etapa final, patrocinando a camisola amarela que vai premiar o grande vencedor desta edição”. Para 2024, está já garantida nova etapa em Viana do Castelo deste Grande Prémio do Minho.

PUB

O Vice-presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, José Luís Ribeiro, indicou que este Grande Prémio “é um importante património da região minhota, do seu território, marcas e serviços”, valorizando o facto de “reforçar o trabalho junto dos escalões de formação”, considerando que “provas como esta são essenciais à evolução destes jovens atletas”.

O responsável lançou ainda o desafio, à autarquia vianense, para que promova um estudo académico-científico sobre a prática da modalidade de ciclismo no concelho, “que permitirá conhecer melhor o passado, preparar o presente e o futuro”, tendo o mesmo sido prontamente aceite pelo Vereador Ricardo Rego.

O autarca da Junta de Freguesia de Azurém, José Antunes, indicou também a relevância do evento, que considerou ser “uma das mais prestigiadas provas do programa velocipédico nacional”, promovendo o território, a economia local e valorizando o desporto.

PUB

PUB
PUB
  Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

press@maniadigital.pt

  Partilhar

PUB
📌 Mais de Viana
PUB

Junte-se a nós todas as semanas