Inauguração da Alameda Padre Moreno em São Romão do Neiva

Na passada 4ªfeira a população de São Romão do Neiva subiu ao monte do Castro para, com toda a pompa mas de forma sentida inaugurar o renovado caminho entre pinhais e eucaliptais da nova toponímia “Alameda Padre Moreno do Couto”.

 

 

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

 

 

 

 

 

 

 

Na passada 4ªfeira a população de São Romão do Neiva subiu ao monte do Castro para, com toda a pompa mas de forma sentida inaugurar o renovado caminho entre pinhais e eucaliptais da nova toponímia “Alameda Padre Moreno do Couto”. 

 

Foi celebrada a Eucaristia por D. Anacleto de Oliveira, Bispo da Diocese de Viana do Castelo, às 10:00 horas, memória do saudoso padre Moreno. Seguiu-se em sua homenagem a colocação de uma coroa de flores junto ao pedestal de seu busto.

Às 11:00 horas, na presença do presidente da Câmara (José Maria Costa), do presidente da Junta de freguesia (Manuel Rodrigues Salgueiro), do presidente da Assembleia de freguesia (Dr. Manuel Gomes da Torre) e de muitas outras individualidades presentes, ficou para o registo oficial a inauguração da Alameda Padre Moreno do Couto.

Após, a cerimónia da inauguração frente à lápide que honra o padre Moreno, a comitiva subiu ao monte entre pinhal e eucaliptal, em passo cerimonial.

Em dia cinzento, lá no cimo do monte, protegido pela Senhora do Castro, as obras de beneficiação realizadas em vida pelo padre Moreno, um homem que era querido e afável, atencioso e progressista, fez com que o local se tornasse um ex-libris da freguesia de São Romão, situada na margem direita do rio Neiva, no concelho de Viana do Castelo.

Convém lembrar que o Cruzeiro posicionado a poucas dezenas de metros do Mosteiro Beneditino, e a outra tanta distância da Alameda, completa este ano o tri-centenário (1715). Trata-se de um património de interesse público.

De destacar, ainda, a existência da preservação e cultura do pinheiro manso na área envolvente à Capela da Senhora do Castro, facto que, noutras freguesias poucos são os que se inclinam para a conservação da natureza, protegendo as árvores endógenas, além do pinheiro manso, o sobreiro, o carvalho, tal como no passado recente abundavam em todos os pinhais o castanheiro e muitas outras espécies. 

Aconselha-se uma visita ao monte da Senhora do Castro, em São Romão do Neiva, onde se respira o perfume do éter imanado do eucaliptal!

Mais se informa que, até ao final do verão a área redor da Capela da Senhora do Castro, em todos os fins de semana, está reservada para eventos.

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
geral@minhodigital.pt
  Partilhar este artigo
📌 Mais de Viana

Junte-se a nós todas as semanas