Inglês e Música Clássica pelo segundo ano consecutivo no Pré-Escolar de Paredes de Coura

Comunicado de Imprensa
Inglês e Música Clássica pelo segundo ano consecutivo no Pré-Escolar de Paredes de Coura

Receção à comunidade educativa | 4ª feira | Museu Regional.

A Francisca tem 4 anos. Frequenta o Jardim de Infância da Vila, em Paredes de Coura. Está prestes a reencontrar os amigos e recomeçar as aulas de música e de inglês. Este ano, no pré-escolar, o ensino da música duplica a carga horária, num investimento que Vitor Paulo Pereira considera da maior importância: “garantimos o acesso de todas as crianças do pré-escolar a aprendizagens e vivências que implicam despesas impossíveis de suportar para algumas famílias”.

O autarca de Paredes de Coura acrescenta que “a aprendizagem de inglês desde cedo contribui para o sucesso a todos os níveis”. A componente desportiva também não foi esquecida e, na Piscina Municipal, cuja reabertura se prevê para breve, os alunos do pré-escolar e do 1º ciclo poderão ter o apoio de monitores de natação.
Já a irmã da Francisca, a Beatriz, tem 6 anos e vai frequentar o 1º ano da Escola Básica do 1º ciclo de Paredes de Coura. Ganhou novas competências nas aulas de música do pré-escolar que teve no ano passado, uma aposta reiterada do município que apoia a iniciação musical e o curso básico de música, até ao 9ºano, através de um protocolo com a Academia de Música de Viana do Castelo. “Com o ensino da música, cujas vantagens são conhecidas, reforçamos a componente humanista, estimulamos a criatividade, a capacidade de trabalhar em grupo e, sobretudo, a capacidade de ouvir e respeitar os pares”, observou o Presidente da Câmara. Além disso, os alunos courenses podem também assistir aos denominados “concertos para a família” e participar num vasto programa de atividades promovidas pelo serviço educativo do Município que contam com a ampla participação da população.

O pai da Francisca e da Beatriz, Vasco Ferreira, mostra-se satisfeito: “como profissionalmente estou ligado às artes, faz todo o sentido que os meus filhos tenham complemento artístico o mais cedo possível. Torna-os mais concentrados e dedicados na escola. E com o inglês mais despertos para o que vêem na televisão. Com este complemento artístico e a língua inglesa esbatem-se as assimetrias para a grande cidade”, explicou o progenitor de Beatriz e Francisca, a quem recentemente juntou o João Maria, de apenas 5 meses, que vai frequentar a creche de Castanheira: “como foi o terceiro filho, a Câmara também ajudou com o apoio monetário de 1000 euros correspondente ao subsídio de natalidade», observou.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

Esta 4ª feira tem lugar no Museu Regional de Paredes de Coura a receção à comunidade educativa. Uma iniciativa de boas-vindas num município que dedica particular atenção à vertente educativa e promove, junto das famílias, os mais diversos apoios para esbater possíveis assimetrias.

Assim, para além do subsídio pecuniário de apoio à natalidade/adoção, Paredes de Coura também comparticipa mensalmente a frequência de creche, ama ou estabelecimento similar, comparticipa nas despesas de alimentação do Jardim de Infância, da mesma forma que assume a redução no pagamento das despesas de água e saneamento para famílias numerosas.

Num outro âmbito, o município garante gratuitamente o transporte aos alunos do 1º ciclo, bem como o passe escolar aos alunos do 2º e 3º ciclo e financia, em 50%, os passes do ensino secundário. Comparticipa a aquisição de livros e manuais escolares aos alunos do 1º ciclo e oferece o material escolar desde o pré-escolar até ao 4º ano de escolaridade. A Câmara também financia o fornecimento de refeições ao pré-escolar e ao 1º ciclo e garante o prolongamento gratuito após as horas letivas no pré-escolar.

Para além do apoio ao ensino especializado da Música, o município custeia o transporte das visitas de estudo e atividades pontuais de todos os níveis de ensino, bem como atribui Bolsas de Estudo aos alunos do ensino superior.

Em matéria de investimentos, o município apostou, este ano, na requalificação da Escola Básica e Secundária. Esta empreitada, cujo valor ronda os 350 mil euros, foi inteiramente suportada pelo orçamento da autarquia, sem qualquer apoio do ministério ou de fundos comunitários. Para a Escola Básica do 1º ciclo, está ainda previsto, no decurso deste ano letivo, um investimento de cerca de 20 mil euros para renovação do equipamento informático utilizado pelos alunos.

Ao todo, e fazendo jus a uma recente estatística oficial, comparativa do investimento municipal por setor no Alto Minho, Paredes de Coura dedica aproximadamente 20% do seu orçamento à Cultura e à Educação, o que Vítor Paulo Pereira diz: “fazemos isto com o coração porque sabemos que é a verdadeira aposta no futuro”.

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
jornalminhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo
📌 Mais do Coura

Junte-se a nós todas as semanas