Compre já a nova edição do livro MINHO CONNECTION

Investimentos estruturantes garantem mais qualidade de vida e promovem o Turismo

Comunicado de Imprensa
Edifício Termal

Após um primeiro semestre forte em investimentos, a segunda metade do ano reserva novas apostas na rede viária, parque escolar e oferta turística. Neste momento, encontram-se em fase de execução, umas mais adiantadas que outras, diversas empreitadas em várias freguesias do concelho. No seu conjunto, representam um investimento global de 1.324.176,31 €. 

Depois de uma primeira metade do ano com a entrada em funcionamento de vários investimentos estruturantes na vila e em diversas freguesias do concelho (Centro de Noite de Badim, Centro Paroquial de Merufe, Museu Alvarinho, Centro Cultural do Vale do Mouro, Relvado Sintético da U.D. “Os Raianos”, Estrada Intermunicipal Badim-Cousso), a Câmara Municipal de Monção apresta-se para mais um conjunto de inaugurações que decorrerão ainda este ano ou no início do próximo.

Na última sexta-feira, o presidente da Câmara Municipal de Monção, Augusto de Oliveira Domingues, a Vice-Presidente, Conceição Soares, e o Chefe de Divisão de Obras e Urbanismo, Jorge Tavares, visitaram alguns dos investimentos em andamento no concelho para, no próprio local, fazerem o ponto de situação de cada um deles. 

Para Augusto de Oliveira Domingues, “estes investimentos refletem a preocupação do município na valorização dos recursos endógenos, promoção cultural, dinamização empresarial, valorização do parque escolar e facilidade/segurança na circulação entre as freguesias”.

 Acrescentou: “Por um lado, garante-se melhor qualidade de vida a quem reside no concelho e, por outro,  amplia-se a oferta turística a quem nos visita. Desta forma, damos um passo muito importante no sentido de reforçar o nosso objetivo de fazer de Monção um município atrativo para investir e viver”.

 Neste momento, encontram-se em fase de execução várias empreitadas em diversas freguesias do nosso concelho. Apresentando etapas distintas de desenvolvimento, umas mais adiantadas que outras, representam, no seu conjunto, um investimento global de 1.324.176,31 €. 

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

Acesso ao Minho Parque Monção e EN 202 (2ª fase)

O acesso ao Minho Parque Monção, espaço empresarial de última geração que compreende uma área de 56 hectares de terreno, cumpre o prazo estipulado para a sua execução, tendo o percurso de aproximadamente um quilómetro já recebido as primeiras camadas de asfaltamento.

Esta empreitada, avaliada em 711.326,74 €, garante acesso direto da EN 13 ao Minho Parque Monção, constituindo-se ainda como mais uma alternativa rodoviária para aceder ao interior do Vale do Gadanha e facilitar a circulação entre as freguesias daquela área territorial do concelho.  

O processo de requalificação da Estrada Nacional 202 encontra-se na segunda fase. Com um investimento de 269.476,79 €, decorre entre as freguesias de Barbeita e Ceivães numa distância de 4,1 quilómetros, implicando uma substancial melhoria daquela estrada bastante movimentada e servida por vários estabelecimentos comerciais e residências.

Entre outros trabalhos, está prevista a requalificação e pintura do pavimento, colocação de sinalização vertical, instalação de guardas de segurança e construção de passeios. Posteriormente, decorrerá a 3ª fase entre Ceivães e o limite geográfico do concelho vizinho de Melgaço numa extensão aproximada de 4 quilómetros. 

Loteamento do Real, Torre de Lapela

 Praticamente concluído está o acesso ao Loteamento do Real. Esta empreitada, no valor de 152.187,12 €, constou de intervenções ao nível de infraestruturas básicas, colocação de ecopontos para recolha de resíduos diferenciados, regularização de passeios e beneficiação de pavimentos. O acesso já se encontra aberto à circulação automóvel.

Com a empreitada em fase de ultimação está também a Torre de Menagem de Lapela, monumento nacional desde 23 de junho de 1910 com elevado significado histórico-cultural e um apelativo enquadramento paisagístico sobre o casario tradicional de Lapela, rio Minho e margem galega.

 Os trabalhos de requalificação, na ordem de 59.360,00 €, permitirão a criação de mais um “trunfo” turístico no concelho. Dada a proximidade da Ecopista do Rio Minho, residentes e visitantes podem complementar uma caminhada retemperadora com o aprofundamento da história local num espaço que proporciona “olhares” únicos sobre o espaço envolvente. 

Balneário termal antigo, Centro Escolar de Mazedo e Pórtico na Lagoa

 A beneficiação do património construído nota-se igualmente no antigo balneário termal com a intervenção prevista para a parte exterior do edifício. Avaliados em 77.804,66 €, os trabalhos abrangem a reconstrução da clarabóia, coberturas em telha, picagem, execução de novos rebocos, pinturas exteriores, lavagem de superfícies em granito, aplicação de novas caixilharias nas portas e janelas e recuperação da ponte de acesso ao piso superior.

 Com este investimento, o edifício ficará de cara lavada no seu aspeto exterior, faltando a reconstrução interior que será adaptada à nova funcionalidade. A autarquia ainda não definiu qual o seu futuro visto qualquer projeto ou ideia “esbarrar” na previsível inundação, com águas do rio Minho, de parte do edifício durante o inverno.   

No âmbito da valorização do parque escolar, arrancou há poucos dias a empreitada de beneficiação do Centro Escolar de Mazedo. A obra foi adjudicada por 27.494,28 €, prevendo a construção de um novo alpendre e pinturas exteriores nos edifícios existentes.

 Na perspetiva de dinamização do Parque Empresarial da Lagoa, a qual engloba a instalação de ligação das empresas à rede de fibra ótica, está a ser colocado um pórtico à entrada do parque, garantindo maior visibilidade ao loteamento empresarial. A estrutura custa 26.526,72 €.

  

PUB
  Partilhar este artigo
  Partilhar este artigo
PUB
PUB

Junte-se a nós todas as semanas