Lar de idosos deverá nascer em Pias

Maquete do Lar de Iosos

O Centro Paroquial Social Padre Agostinho Caldas Afonso vai criar um Lar de Idoso após a recuperação da antiga escola primária de Pias. A estrutura pretende dar resposta a mais pedidos de apoio domiciliário, centro de dia e lar. O projecto vai ser apresentado ao Fundo Comunitário Portugal 2020 no início de 2016.
O Centro Paroquial Social Padre Agostinho Caldas Afonso funciona junto da igreja Paroquial há nove anos com as valências de Serviço de Apoio Domiciliário para 30 utentes e Centro de Dia para 12 utentes. O Vale do Gadanha, com as freguesias Pias, Trute, Moreira, Cambeses, Sago, Lordelo, Portela, Parada, Anhões, Luzio, Barroças e Taias, Abedim, Pinheiros, Lara, Troporiz, Lapela, é a área de influência da Instituição.
Numa altura em que estão “no limite das suas capacidades e na impossibilidade de alargamento da actual estrutura por condicionantes físicos”, a escola primária de Pias, desactivada há alguns anos, apresenta-se como uma opção para alargar a capacidade.
A Instituição de Solidariedade Social celebrou um protocolo de comodato com o Município, – proprietário do edifício da escola-, e aí pretendem “recuperar o imóvel e proporcionar o alargamento destas respostas sociais a esta zona do concelho”.
O serviço de Apoio Domiciliário passará de 30 para 60 pessoas; o Centro de Dia de 12 para 26 e criarão a resposta de Lar de Idosos para 18 pessoas.
O Fundo Comunitário Portugal 2020 é medida à qual vão candidatar o projecto no início de 2016.

PUB
  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
  Partilhar este artigo
PUB
PUB

Junte-se a nós todas as semanas