Editorial

Lista V para a Ordem dos Médicos

Alberto Midões

Alberto Midões

Alberto Midões

Alberto Midões

albertomidoes@minhodigital.pt

Porque é preciso!

Este é o lema da candidatura anunciada às próximas eleições para os Órgãos Sociais da Ordem dos Médicos, que decorrerão entre 9 e 19 de janeiro próximo.
Serei candidato a Presidente do Conselho Sub-Regional de Viana do Castelo.

w
Partilharão comigo esta candidatura outros médicos, jovens e menos jovens, com mais experiência e menos experiência, mas todos com o mesmo espírito de dedicação à nobre causa de defender os direitos ameaçados dos seus pares e, necessariamente, os direitos dos doentes que tratam.

Porquê este lema?
Desde 2004 que, em sucessivos atos eleitorais (sete!), nos envolvemos nesta luta para que a Ordem dos Médicos em Viana do Castelo seja sempre o que os seus Médicos pretendam, elegendo ou não os muitos candidatos que ao longo deste tempo (18 anos) se apresentaram a sufrágio eleitoral. Derrotados nesse mandato de 2005 a 2007, recuperamos a partir dessa data a confiança dos nossos colegas do Distrito, mantendo até hoje um exercício de mandatos amplamente ratificado em sucessivos atos eleitorais.

Fomos de uma lealdade extrema aos sucessivos Presidentes da Secção Regional Norte (Miguel Leão, Moreira da Silva, Miguel Guimarães e António Araújo). Nem sempre apoiamos o Bastonário eleito, mas temos a honra de ter contribuído de forma relevante para a eleição do Bastonário do Norte, Miguel Guimarães, para os seus dois dignos mandatos, um deles marcado dramaticamente pela pandemia COVID-19, e que agora findam. Garantimos a renovação sucessiva dos membros do Conselho Sub-Regional numa lógica de rejuvenescimento e aprendizagem. Estávamos prontos para terminar a nossa missão e dar lugar aos novos.

Em democracia não se vive como numa monarquia, mas tem sentido que haja um legado transmissível às novas gerações. E esse legado é não só uma sede magnífica; é também uma atitude de ciência, cultura, arte, lazer, partilha com a comunidade, abertura às outras sociedades, enfim, um legado de que nos orgulhamos e que, em todo este tempo, nunca foi contestado, discutido, denunciado, o que quer que seja, por muitos que caminharam connosco ou por outros que sempre estiveram ausentes, sem que isso lhes retire qualquer direito democrático.

Por isso, e escrevo na primeira pessoa do plural, porque este é um grande e qualificado coletivo que, perante o que entendeu ser uma inversão dos princípios de um processo eleitoral, principalmente para a Ordem dos Médicos em Viana do Castelo, razão maior do seu empenho e, posso dizer, sacrifício pessoal, decidiu manter-se nesta luta, de forma independente, livre e democrática, sem qualquer “alinhamento” que não seja a defesa dos direitos dos cerca de 1000 médicos que constituem este universo do Alto Minho.

É por eles que nos candidatamos; e o nosso programa eleitoral, suportado em três ideias fundamentais (Democratizar, Dinamizar e Desenvolver), reflete-o.  Em janeiro, sejam quais forem as circunstâncias, a lealdade continuará a ser um valor inquestionável.

Somos candidatos “Porque é preciso”

Alberto Midões

 

Vai a votos como Lista V – V de Viana e candidata-se “Porque é Preciso!”

 

É uma candidatura que concorre únicamente para dignificar a atividade médica, os médicos e a sua Ordem no Alto Minho. Defende uma prestação de cuidados de saúde de qualidade para os Alto Minhotos e, evidentemente, para todos os portugueses. Para bem cumprir o seu programa de ação é independente, com pensamento próprio, representativa das várias gerações de médicos, especialidades, unidades de saúde e concelhos desta região.

É a única lista que apresenta um programa da ação específico para o distrito de Viana do Castelo e a nível nacional. O programa das várias listas pode ser consultado no site da Ordem dos Médicos.

albertomidoes@minhodigital.pt

Partilhar

Partilhe este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

 Do autor...  Do mesmo autor...