Compre já a nova edição do livro MINHO CONNECTION

Mãos à obra em Caminha

Maquete do Mercado

Abertas as urnas, agora falta a obra do Mercado Municipal de Caminha.

O protocolo, como então referido pelo Minho Digital, foi entre a Câmara Municipal de Caminha e a Escola Superior Gallaecia. Resultaram 4 propostas para requalificação do Mercado Municipal. A votação foi via electrónica e na contagem soube-se que mais de 350 pessoas votaram.

O resultado foi a favor da equipa mista composta por: Joana Daniela Azevedo Rolo, Benito Mirón Malvar, Juan Antonio Valverde Iglesias e Miguel Meijido Beiro.O segundo classificado foi Miguel Afonso que acabou por receber uma menção honrosa.

PUB

Segundo foi revelado, estas duas propostas receberam 90% dos votos, sendo as freguesias com mais adesão as de Caminha e Vilarelho. Somente 14 votantes eram de outros concelhos.

Segundo está previsto, a obra do Mercado Municipal irá ficar a cargo dos alunos da Gallaecia sob a orientação dos professores da referida escola e do seu director. A obra está prevista arrancar no 2º semestre do próximo ano.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

No acto de apresentação da proposta vencedora, que decorreu no passado dia 23 de Dezembro, Miguel Alves, presidente da Câmara de Caminha, salientou o «exemplo de cidadania e de participação», realçando que ele próprio «tinha um favorito» e os vereadores também «mas quem escolheu foram as pessoas».

PUB
  Partilhar este artigo
  Partilhar este artigo
PUB
PUB

Junte-se a nós todas as semanas