Nova Temporada do Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima

Comunicado de Imprensa
Nova Temporada do Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima

A nova temporada de espectáculos, eventos e actividades programados pelo Teatro Diogo Bernardes para o período compreendido entre Outubro de 2015 e Junho de 2016, mês que se dará início aos grandes eventos de Verão incluídos na programação de Ponte de Lima ConVida, arranca no próximo sábado, 3 de Outubro, com o espectáculo “Eros e Psiquê”, pela Companhia de Dança Contemporânea de Évora, com Direcção e Coreografia de Nélia Pinheiro, Figurinos de José António Tenente e Interpretação pelos Bailarinos Gonçalo Andrade, Fábio Blanco e Nélia Pinheiro.

Os fins-de-semana seguintes trarão ao Teatro Diogo Bernardes espectáculos musicais. A 10 de Outubro apresentam-se os peixe : avião, banda que está a preparar o quarto álbum de originais e que se destacou pelos concertos realizados em dois grandes festivais de Verão no presente ano: Bons Sons e Festival de Paredes de Coura, em que tocaram no palco principal.

A 17 de Outubro será a vez de Sandy Kilpatrick, cantautor escocês radicado em Portugal, apresentar o seu álbum de originais “The Shaman’s Call”, acompanhado pelos músicos André Silvestre, Edgar Ferreira, Pedro André, Zé Barroso e, nas projecções de vídeo, Diogo Machado. As transformações musicais estão bem patentes neste álbum devido a processos de criação e gravação muito mais naturais e instintivos que possibilitam a liberdade de apresentação das canções ao vivo de uma forma diferente.

Isaura \ Francis Dale, duas promessas da nova música portuguesa, acompanhados ao vivo por Fred Ferreira (Orelha Negra, Banda do Mar, 5:30) e Ben Monteiro (D’Alva, Ana Cláudia) actuarão a 24 de Outubro, depois da estreia nacional marcada para o dia 15 em Lisboa, apresentam-se do seguinte modo: “Há histórias que se escrevem lado-a-lado; sem se ver, sem se tocar. Isaura \ Francis Dale nasce para contar uma dessas histórias. Não são complementares, não são antagónicos, não são compensatórios, não são invertíveis, não são comparáveis, não são imiscíveis, não são fundíveis. Isaura \ Francis Dale são duas verdades singulares, duas perspectivas do mesmo espaço e do mesmo lugar. É o estar bem e o estar mal, é o gostar mas não compreender, é o querer mas não aceitar, é o precisar mas não consentir. Protagonizam uma história para nos lembrar de quantas vezes falamos sem nos conseguirmos verdadeiramente explicar; de quantas amizades se perdem na falta de harmonia e de quantos amores se apagam depois de lutar simplesmente porque se chegou ao fim. Francis Dale tem sol, Isaura tem sombra; Francis Dale canta a força de ficar, Isaura o desalento de partir. Estão lado-a-lado sem se ver e sem se tocar; guardam as cores que trocaram.”

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

O teatro marca o seu regresso ao Diogo Bernardes com a peça “Lar Doce Lar”, com Maria Rueff e Joaquim Monchique, numa encenação de António Pires, espectáculo visto por mais de 120 mil espectadores, por todo o país. Com um desempenho notável, os dois actores são os fantásticos protagonistas deste grande êxito que nos convida a mergulhar no mundo de uma residência para seniores de uma forma hilariante e, ao mesmo tempo, ternurenta.

Para Novembro estão já marcados espectáculos musicais com os Nobody’s Bizness, Best Youth, Norberto Lobo & João Lobo Sexteto e com a Orquestra da Escola Profissional de Música de Viana do Castelo, que nos trará Arte Sinfónica. Os apreciadores de teatro, também em Novembro, terão a oportunidade de assistir a dois grandes espectáculos: “Começar a Acabar”, com João Lagarto e “Uma Menina Bem Guardada”, pela Companhia Baal 17, de Serpa.

 

 

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
jornalminhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo
📌 Mais do Lima

Junte-se a nós todas as semanas