O lobo branco e a alcateia

Na Europa e no mundo vivem-se de novo dias incertos quanto à segurança global.

Enquanto um lobo branco de mandíbulas ensanguentadas parece estar a ansear por confrontar a alcateia dos lobos cinzentos que se juntam para lhe tentar frustrar os intentos, esta procura manter uma lúcida sensatez dissuasora que o mantenha à distância.

Mas o lobo branco, que se considera o Alfa – embora na realidade ele não passe de uma subespécie dos da sua raça – depois de abocanhar e continuar a despedaçar o seu vizinho, vai aparentando uma estranha, quão falsa calma. Ele está agora cada vez isolado e pode imaginar-se o que um animal feroz e de duvidoso discernimento pode fazer ao sentir-se acossado, mormente este sanguinário lobo branco que aos poucos se vai revelando mais e mais atrevido nos desafios à alcateia.

Não tem uma “estirpe” natural este lobo branco, nem sequer a estatura lhe empresta essa aparência, mas procura adoptar os ares do grande senhor das estepes, que, no entanto, só parece convencer (?) os que dele dependem e que por isso lhe prestam vassalagem.

meugesa1@gmail.com
  Partilhar este artigo
Opinião  
  Partilhar este artigo