Editorial

O mundo está perigoso

Manso Preto

Manso Preto

Director / Editor
Manso Preto

Manso Preto

Director / Editor

«A guerra é o lugar onde jovens que não se conhecem nem se odeiam e se matam entre si, por decisão de velhos que se conhecem, se odeiam, mas não se matam.» (Erik Hartmann) 

É verdade!w

O que se tem passado nestes últimos meses com este ‘acto de guerra’ por parte da Rússia contra a Ucrânia abre-nos um cenário de incerteza que a Europa não conhecia com esta gravidade há dezenas de anos.

Apesar de tudo, continuo com a convicção que, sendo as cadeias hierárquicas muito preparadas ideologicamente e dos previsíveis cenários de guerra e suas consequências perante a ‘capacidade de fogo e destruição’ existentes por parte dos potenciais envolventes e aliados, continuoa acreditar que tudo isto um dia parará.

O que se passou com o míssil que caiu há dias na Polónia e que nuna nos colocou tão perto de uma guerra mundial, ao ser atacado um país da NATO, foi um sinal muito perigoso.w

A guerra económica, com as suas restrições e ameaças, são também factores relevantes a ter em conta, mas preparemo-nos para os sufocantes aumentos que já começam a notar-se.

Nada a que não estejamos habituados nesse tal ‘Designio Nacional’ com que a classe política nos presenteia pela fidelidade canina à boca das urnas…

Manso Preto editorial
Partilhe este artigo

 Do autor...  Do mesmo autor...