Ópera – A Querela dos Grilos pelo Quarteto Contratempus

Comunicado de Imprensa
Cartaz

O Teatro Diogo Bernardes, com âmbito do Festival Percursos da Música, apresenta amanhã, sábado pelas 22h00, a ópera da responsabilidade do Quarteto Contratempus, em duas partes, com os títulos “A Querela dos Grilos” e “Semana Profana, com encenação de António Durães.

As entradas são gratuitas de acordo com a lotação da sala e os bilhetes podem ser levantados, dois por pessoa, na bilheteira do Teatro Diogo Bernardes.

Atente-se nas palavras de António Durães relacionadas com a apresentação deste espectáculo.

“Um fruto tem quase sempre duas metades. Se for uma coisa séria, concreta, física, as duas metades são exactamente iguais, síncronas e fisicamente siamesas. Como aquelas pinturas abstratas que fazíamos aos dez anos, quando dobrávamos uma folha em duas e uma metade imprimia na outra, uma imagem exactamente inversa dela.

Neste caso, talvez se deva invocar o exemplo da moeda, duas faces do mesmo corpo, uma cara e a outra a coroa, coisas diferentes que habitam o mesmo corpo, o valorizam e que, talvez, lhe dão sentido. Ao câmbio atual, não saberemos nunca, pelo menos antes de a pormos em circulação, quanto valerá esta moeda, estas duas metades apostas.

De um lado a Semana Profana, coisa já estreada, saída das entranhas de Regina Guimarães e Fernando Lapa, que viram mais longe, no corpo de António Nobre, um pedaço da alma de Só, numa sequência de dias e de gestos repetidos.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

Do outro, a estreia mundial de uma hipótese de história com tempo no bilhete de identidade, uma Querela de Grilos que Tiago Schwäbl e Fátima Fonte compuseram, à volta do santo graal da inspiração para se construir algo verdadeiramente original.

De um lado um corpo repetido; do outro uma ópera bufa. Aqui, uma peça reposta; ali, uma estreia mundial. Cara e coroa. Mas qual é uma e qual é a outra? Nunca o saberemos, porque quem vê caras, não vê corações.”

Semana profana [1999] de Fernando Lapa

Poema: Regina Guimarães do livro “Tutta”

 

Quarteto Contratempus:

Teresa Nunes, soprano

Crispim Luz, clarinete

Susana Lima, violoncelo

Brenda Hermida, piano

 

Intervalo

 

A Querela dos Grilos – Ópera de Câmara [2014] de Fátima Fonte

Libreto: Tiago Schwäbl

 

Teresa Nunes, Inspiração

Job Tomé, Originalidade

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
notadeimprensa@minhodigital.pt
  Partilhar este artigo
📌 Mais do Lima

Junte-se a nós todas as semanas