Parque Eólico do Alto Minho reforçado com investimento de 25 Milhões de Euros

Parque eólico

O parque eólico de Valença vai receber oito novos aerogeradores num investimento total de 25 milhões de euros. Os cumes dos montes das freguesias de Boivão, Sanfins e Taião são os escolhidos para a instalação das torres eólicas.

A ampliação do parque eólico de Valença, obra a cargo da Ventominho, reforça a capacidade instalada com as novas torres eólicas nas freguesias de Taião, Sanfins e Boivão. Alto de Teares, Fortes e Chão das Pipas contemplam os três polos onde estão a ser colocados os aerogeradores, a uma altitude entre os 500 e os 700 metros.

Este investimento traz consigo compensações económicas para o concelho de Valença, sobretudo para as freguesias detentoras dos terrenos baldios onde estão a ser instalados os geradores elétricos movidos a vento.

 As novas torres tubulares, de última geração, tem 85 metros de altura, com três pás, com 40 metros de largura que permitem um melhor aproveitamento dos ventos das cumeadas dos montes de Valença.

A empreitada acarreta ainda a construção e ampliação de novos acessos aos cumes dos montes que irão servir o parque eólico. Além disso, estes acessos serão uma grande ajuda no combate aos incêndios florestais por parte dos bombeiros. O turismo de natureza também sai reforçado com a criação de miradouros e trilhos de montanha. 

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
geral@minhodigital.pt
  Partilhar este artigo

Junte-se a nós todas as semanas