Ponte de Lima promoveu a Raça Bovina Minhota

Comunicado de Imprensa
I Festival da Carne Minhota

Conhecida pelas suas iguarias gastronómicas, Ponte de Lima promoveu no passado fim-de-semana mais um evento dedicado à gastronomia.

Numa parceria entre o Município de Ponte de Lima e a APACRA – Associação Portuguesa de Criadores de Bovinos de Raça Minhota, realizou-se o I Festival da Carne Minhota, evento que teve como objetivo promover e divulgar a produção de Raça Bovina Minhota.

De acordo com a APACRA, o evento superou as expetativas, registando-se uma adesão significativa de visitantes e de Associados da APCRA, provenientes de vários concelhos dos distritos, Viana do Castelo, Braga e Porto.

A designação oficial da raça Minhota corresponde à toponímia da região tradicional de produção, o Entre Douro e Minho, na qual se insere o seu solar – Ponte de Lima, e onde se encontra a maior parte do efetivo da raça.

Desde 14 de fevereiro de 2013, data na qual foi aprovado o Caderno de Especificações Rotulagem Facultativa CM-Carne Minhota, a carne proveniente dos animais de raça Minhota passou a ser um produto reconhecido e diferenciado no mercado, enaltecendo as potencialidades da raça Minhota, e incentivando os seus produtores a continuarem e a melhorarem o trabalho realizado.

Os produtos “CM – Carne Minhota” são provenientes do abate de animais de raça Minhota, inscritos no Livro Genealógico, nascidos dentro da região de produção e criados de acordo com as normas expressas no caderno de especificações.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

Em 2012, a carne de raça Minhota foi considerada em perigo de extinção por parte da União Europeia, desta forma, O Município de Ponte de Lima e a APACRA apostaram nesta ação promocional no sentido de salvaguardar este importante recurso endógeno, promovendo o consumo de uma carne de grande qualidade, certificada, e de um paladar soberbo e único.

Este 1º Festival da Carne Minhota para além da parte exposição/venda, baseou toda a oferta gastronómica na carne de raça Minhota, sendo o “Naco da Minhota” e a “Espetada do Brutus”, as principais sugestões, o que resultou no consumo em toda a restauração de cerca de 2 toneladas de carne Minhota.

Mais uma vez, o Município de Ponte de Lima apostou num evento gastronómico, que abrange toda a restauração aderente ao projeto ‘Em Época Baixa, Ponte de Lima em Alta’, considerado como uma alavanca à dinamização económica do concelho e da região.

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
jornalminhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo
📌 Mais do Lima

Junte-se a nós todas as semanas