Recriado o fiadeiro em Soajo

Fiadeira no Soajo

Um grupo de mulheres, de várias gerações, recriou, em Soajo (Arcos de Valdevez), no passado dia 28 de novembro, o fiadeiro, tal como este se fazia há muitos anos.

A iniciativa juntou mais de duas dezenas de fiadeiras que, ao som dos cantares tradicionais e das concertinas, esguedelharam, carpearam e fiaram lã de ovelha.

No trabalho da lã, as mãos desempenham um papel de crucial importância em todo o processo de fiação (e até no uso da roca e do fuso). Depois de cardada (a lã), uma das mãos segura a lã desfiada e a outra movimenta-a para determinar a respetiva espessura. E o resto resulta do saber “mecanizado” que as traquejadas fiadeiras exercitam a cada movimento.

A atividade, filmada pelo limiano Modesto Miranda, no salão da Casa do Povo, integrará um futuro projeto digital (DVD), com a finalidade de fazer perdurar as tradições de Soajo.

 

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
geral@minhodigital.pt
  Partilhar este artigo
📌 Mais dos Arcos

Junte-se a nós todas as semanas