Requalificação Urbana da Zona Histórica de Arcozelo

Comunicado de Imprensa
Requalificação Urbana da Zona Histórica de Arcozelo

A Requalificação do Largo de Trás dos Palheiros valoriza o espaço público localizado no Centro Histórico de Arcozelo.

O Executivo Municipal de Ponte de Lima visitou esta quinta-feira o requalificado Largo de Trás dos Palheiros, considerado como um dos arruamentos mais antigos da área envolvente à ponte sobre o Lima, na margem direita do rio. Este espaço é frequentemente visitado por inúmeros turistas pelas interessantes características do casario edificado mas, acima de tudo, por fazer parte do Caminho Português de Santiago.

A intervenção, cujo investimento foi 97.996,82€, centrou-se em redefinir o espaço público, no sentido de criar melhores condições de vivência e usufruto pela população e visitantes através da repavimentação total da área de intervenção com cubos e lajedo de granito para diferenciar os espaços de circulação pedonal e automóvel.

Esta rua para além de um dos núcleos de edifícios mais antigos do Centro Histórico na zona de Além da Ponte, serve dois importantes edifícios municipais que integram a “Rede de Equipamentos de Vocação Turística, de Promoção dos Recursos Endógenos, do Património Histórico e Religioso Local” o Museu do Brinquedo Português que abriu ao público em 2012 e recebeu até à data cerca de 60.000 visitantes, na sua grande maioria crianças e o Museu Rural, que irá ser brevemente intervencionado e que passará a albergar o futuro Centro de Interpretação do Território, bem como, o Albergue de Peregrinos do Caminho de Santiago.

Esta intervenção, para além da sua indiscutível valorização patrimonial, irá certamente potenciar e melhorar o funcionamento destes importantes projetos e das condições de segurança de circulação dos residentes e utentes/visitantes.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

A visita ao Largo de Trás dos Palheiros serviu ainda para apresentar o projeto de Requalificação Urbana da Zona histórica de Arcozelo, abrangendo uma área de 20.000m².

Desta forma o Executivo Municipal continua a apostar numa política de requalificação urbana de zonas centrais das freguesias com espaços de cariz coletivo e social.

A intervenção a efetuar durante o presente mandato, revelou o Presidente da Câmara Municipal, Engº Victor Mendes, pressupõe “um investimento de cerca de 800.000€+IVA prevendo-se retorno ao nível da dinamização social e comercial.” O autarca disse ainda que “para além da questão urbanística, pretendemos que estas intervenções possam estimular a auto estima dos privados, realçando a mais-valia do investimento público e privado, potenciando maior atratividade para os Centros Históricos.”

Perspetivando que a intervenção seja apoiada pelo programa Portugal 2020, o edil realçou ainda o trabalho efetuado em conjunto com a Junta de Freguesia de Arcozelo, no sentido de concretizar esta requalificação do Centro Histórico de Arcozelo.

A proposta de intervenção para a Zona Histórica de Arcozelo passa pela remoção da generalidade dos atuais materiais de revestimento dos pavimentos e posterior pavimentação através da reposição de alguns desses materiais ou aplicação de novos materiais, apostando no granito da região como material dominante para revestimento dos pavimentos, de modo a favorecer a mobilidade.

 

PUB
  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
[taxopress_termsdisplay id="1"]
  Partilhar este artigo
PUB
📌 Mais do Lima
PUB

Junte-se a nós todas as semanas