Tomo 57 dos Cadernos Vianenses destaca Centenário do Nascimento de António Manuel Couto Viana

No âmbito das festividades que assinalam os 176 anos de elevação de Viana do Castelo, a Câmara Municipal lançou o tomo 57 dos “Cadernos Vianenses”, na Sala Couto Viana da Biblioteca Municipal, com a presença de autoridades locais e entusiastas da cultura.


Coordenada por Rui A. Faria Viana, a edição reúne uma variedade de textos, e testemunhos que representam o passado, presente e futuro da cidade. 

Classificado pelo Presidente da Câmara Municipal, Luís Nobre, como “a celebração da identidade coletiva dos vianenses”, o lançamento desta edição é significativo para prestar homenagem ao centenário do nascimento de António Manuel Couto Viana, uma figura proeminente da literatura e cultura local.

Além disso, foram inauguradas exposições como a “Marginal Viana do Castelo Memória Anacrónica”, a partir de espólios fotográficos de “Arquivo e Memória” de Gualberto Boa-Morte, Manuel Filgueiras Tilve e Severino Costa, além do Fundo Postal.

Este lançamento reforça o compromisso da Câmara Municipal de Viana do Castelo com a preservação e promoção da identidade cultural da cidade, homenageando figuras emblemáticas e proporcionando um espaço para reflexão e diálogo a comunidade vianense.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?
  Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nuvem do Minho

Junte-se a nós todas as semanas