Um pontapé de saída dado por Emídio Guerreiro

Um pontapé de saído dado por Emídio Guerreiro

Um pontapé de saído dado por Emídio Guerreiro, secretário de Estado do Desporto e Juventude, assinalou Sábado, em Ponte da Barca a inauguração do novo campo de futebol de sete. Logo de imediato, duas equipas de jovens iniciaram um jogo, dando uso à estrutura, implantada com recurso a fundos do anterior Quadro Comunitário de Apoio ainda por aplicar.
O membro do Governo, ao usar da palavra na sessão protocolar, frisou que na região norte estão em curso, em empreendimentos desportivos, cerca de setenta obras. 
Dando como exemplos pistas de atletismo onde tiveram lugar acções de requalificação, em Braga “onde Sameiro Araújo ajudou a preparar campeãs”, Viana do Castelo, “com a feliz coincidência de a obra ter sido inaugurada no dia da celebração do vigésimo aniversário do título de campeã do mundo que Manuela Machado conquistou em Gotemburgo em 1995” e da Maia, Emídio Guerreiro fez a apologia dos investimentos que, pela sua proximidade, se tornam eficazes na melhoria de condições de vida das populações. 
Foi nesse contexto que o Secretário de Estado posicionou o campo de futebol agora inaugurado em Ponte da Barca. 
“Esta é uma infra-estrutura que vai melhorar a vida de centenas de miúdos que vão aqui evoluir”, salientou. 
O governante social-democrata explicou que os fundos comunitários são aplicados segundo um “novo paradigma” que passa pelo trabalho em rede, envolvendo parcerias.
Antes, o presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Vassalo Abreu, ao discursar, lembrou que este era “o único concelho do Minho que ainda não tinha um campo de futebol relvado”
“Já tinha passado 2004. Hoje temos um estádio, piscinas, praia fluvial e pavilhões”, realçou, ao traçar um panorama sobre a política de desporto do município e vincando os esforços no sentido de procurar financiamentos e concluiu reconhecendo que o concelho sente ainda “múltiplas carências”.
A acompanhar a inauguração estiveram presentes entre outros, os deputados Rosa Arezes (PSD), Jorge Fão (PS), autarcas, o presidente e sócios fundadores da Associação Desportiva de Ponte da Barca e representantes da empresa de construção Freitas Costa & Filhos, responsável pela empreitada.

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
jornalminhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo
📌 Mais da Barca

Junte-se a nós todas as semanas