Vereadora ‘bate com a porta’

Vereadora Ana São João

Foi na passada sexta-feira, com carta entregue ao presidente da Assembleia Municipal que a vereadora da Câmara Municipal de Caminha pediu a sua demissão do executivo. Ana São João  já não compareceu na última reunião camarária.

Segundo se sabe Ana São João terá, alegamente, justificado a sua demissão em «motivos pessoais». Mas recordemos que o Minho Digital em anterior edição salientou que havia obra feita e, provavelmente, não se tinha ido mais longe por não lhe libertarem mais verbas (foram atribuídos cerca de 70 mil € para 1 ano) e que os rumores existentes apontavam para outras coisas.

MD entrevistou esta vereadora    http://www.minhodigital.com/news/%C2%ABo-meu-objectivo-%C3%A9-defraudar-o-m%C3%ADnimo-de-pessoas%C2%BB-confidencia-nos-ana-s%C3%A3o-jo%C3%A3o-vereadora-em e comprovou a dedicação e seriedade com que ela enfrentava as áreas do seu pelouro, principalmente na educação e área social. Foi com ela que se avançou na prestação de transporte às crianças em fase escolar e no aumento do horário na abertura dos estabelecimentos escolares como nas actividades de ATL.

Na referida entrevista, Ana São João falou de quanto sonhadora era e que entrar para a política foi só «uma ferramenta para conseguir abranger o máximo de apoio a famílias carenciadas e desestruturadas».

Certamente, Ana São João bateu com a porta da Câmara Municipal de Caminha, mas o seu sonho e afinco será a de contribuir na área social onde mesmo pessoalmente já tem provas dadas. Quem a conhece por perto «não tem dúvidas disso mesmo», disse-nos uma ex-colaboradora. O mal-estar tem sido latente no seio do Executivo e ainda há cerca de 1 mês a agora demissionária, embora tendo o pelouro da acção social, não esteve presente aquando da inauguração de umas obras no Lar da Senhora dos Mareantes em Caminha. Ana São João sempre foi tida nas últimas autárquicas como o «grande trunfo eleitoral do PS e de Miguel Alves pela sua boa imagem junto do eleitorado idoso e com mais dificuldades económicas» pela sua atividade profissional como Assistente Social.

Na calha para a sua substituição esá o conhecido médico Manuel Luís a residir em Vila Praia de Âncora e a seguir a eng. Julieta Martins que é de Riba de Âncora.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

 

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
jornalminhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo

Junte-se a nós todas as semanas