Compre já a nova edição do livro MINHO CONNECTION

Associação de Produtores de Alvarinho desenvolve formações para a restauração

Uvas em latadas

A Associação de Produtores de Alvarinho (APA) de Monção e Melgaço, em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Monção e Melgaço, e com o apoio da Viniportugal, irá promover formações especializadas no sector do vinho, para os restaurantes e unidades hoteleiras.
Num contexto de afirmação da Sub-região como destino de Enoturismo por excelência, é necessário garantir que os turistas que já são tão bem recebidos na nossa região, tenham à sua frente profissionais de hotelaria com o máximo de conhecimento sobre o sector dos vinhos em geral, e claramente sobre o Alvarinho de Monção e Melgaço como expoente máximo da experiencia local.
Com este objectivo, a APA Monção e Melgaço, em parceira com a ACIMM, e com o apoio da Viniportugal, a agência nacional para a promoção dos vinhos portugueses, irá promover uma conjunto de formações gratuitas para os profissionais de hotelaria da sub-região de Monção e Melgaço.
De acordo com Miguel Queimado, presidente da APA Monção e Melgaço “somente com a procura contínua de conhecimento sobre o sector do vinho, de um adequado serviço de vinhos e acima de tudo do conhecimento da diferença da sub-região de Monção e Melgaço (o terroir) e a sua relação com a casta Alvarinho, poderemos garantir que no futuro a sub-região será um ponto turístico vitivinícola de âmbito internacional”.
O presidente da APA Monção e Melgaço explica que serão disponibilizadas duas tipologias de formação. Uma mais curta de três horas dirigida ao proprietário do estabelecimento, mas que não executa serviço de vinhos. Neste caso pretende-se que o proprietário adquira conhecimentos sobre o sector: Como provar vinhos, como elaborar uma carta de vinhos e vantagens do consumo de vinho a copo. A segunda modalidade serão quatro módulos de três horas, onde serão fornecidos conhecimentos exaustivos sobre serviços de vinhos, harmonizações de comida e vinhos, as regiões e castas portuguesas. O objectivo é dotar “o profissional com a melhor formação possível sobre o setor dos vinhos”.
“Teremos presentes como formadores, críticos de vinhos e escanções de referência nacional, garantindo desta forma que as melhores práticas de serviço de vinhos são ministradas aos nossos restaurantes”, explica Miguel Queimado. Apelando à inscrição. Para a participação somente é necessário que os estabelecimentos interessados se dirijam à sede da APA Monção e Melgaço (Casa do Curro em Monção), ou na sede da ACIMM e preencham uma ficha de inscrição manifestando o interesse na formação.

PUB
  Partilhar este artigo

  Partilhar

PUB
PUB

Junte-se a nós todas as semanas