Público em apoteose com os Ensemble Risoluto na AMIR

As luzes apagam-se e uma sala fica num silêncio inquebrantável. Ouvem-se os primeiros sons de um piano e clarinete. O público é surpreendido com a voz de Sílvia Pinto que surge entre eles cantando Ave Maria de Charles Gounod.

Estava dado o mote para uma noite deslumbrante com o concerto dos Ensemble Risoluto, na AMIR, em Moledo.

 Desde o primeiro tema até ao ‘encore’, a assistência esteve entregue à magia e ao encanto que este trio transmite quando está em palco, não só pelo seu profissionalismo mas, também, pela entrega que dão a cada música e pormenor de contacto com o público. É aqui que fazem questão de transmitir que estão na música com paixão e amor, e cada tema é especial para eles, mas pretendem que também sejam para quem os ouve.

A emoção surge! Sílvia Pinto emociona-se ao cantar um hino americano, intitulado Amazing Grace, pois sempre foi uma música que adorou mas agora quando a canta, faz também dedicada a um ente querido que infelizmente já não está entre nós: a sua avó.

O concerto primou por temas como Aleluia de Leonard Cohen, Somewhere Over The Rainbow de ‘O Feiticeiro de Oz’, intercalando com temas de Natal, mas todos eles com o cunho pessoal dos Ensemble Risoluto. Nos temas natalícios todos os arranjos estiveram a cargo da mestria de José Paulo Ribeira.

O público, extasiado e encantado, não deixou de pedir um ‘encore’ que foi concedido «com imenso agrado».

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

No final, o trio estava satisfeito com a reacção do público e este fez ouvir na sala inúmeros elogios, como seja: «são fantásticos»; «a sua música é tão apaixonante»; «merecem muito mais pela qualidade que demonstram»; «isto já é pequeno para eles»; e «necessitam dar mais um passo e mostrarem-se».

Os Ensemble Risoluto são conscientes disso mesmo, e querem agora entrar numa fase de reflexão para que possam ainda mais elevar a sua qualidade e profissionalismo, isto é, estudar os passos a seguir.

Muitos aguardam por mais um impulso dos Ensemble Risoluto…

 

José Paulo Ribeira: um pianista de excelência

Foi este membro dos Ensemble Risoluto que fez todos os arranjos dos temas de Natal interpretados no concerto da AMIR, sendo uma das belas características deste trio que as versões por si tocadas são sempre adaptadas para o ambiente e forma de estar que os une e motiva.

José Paulo Ribeira a par deste projecto esteve, recentemente, como director musical da peça  “Viva o Casamento”» inspirada na obra de “Alves & Cia.” de Eça de Queiróz,

e com o actor Fernando Gomes. Esta peça esteve inserida nas comemorações do 24º aniversário do Teatro do Noroeste no palco do Teatro Sá de Miranda em Viana do Castelo. O sucesso foi mais do que alcançado, já que, nos dias que esteve em cena, a casa esteve sempre cheia. Este espectáculo subirá novamente a palco a 15 de Janeiro até 13 de Fevereiro.

 

Paulo Barbosa: um clarinete de ouro

Este clarinetista faz com que a música decorra entre tons que por muitas vezes se confunde com uma voz. Tal só se consegue com o amor ao que se faz e ao profissionalismo.

Em paralelo, Paulo Barbosa abraçou a carreira de luthier. Isto é, no seu atlier e como profissional faz o arranjo e manutenção de instrumentos, concretamente de clarinete.

Sílvia Pinto: uma voz de anjo

É ela a voz dos Ensemble Risoluto e também ela está na música por paixão. De tal forma, que na sua entrega transmite para o público esse amor, delicadeza e cumplicidade.

Recentemente, Sílvia Pinto esteve no Teatro S. Carlos, em Lisboa, numa ‘master class’ a cargo da professora Elisabete Matos. Segundo nos revelou Sílvia Pinto é nestes momentos que «procuramos o aperfeiçoamento».

Sílvia Pinto, entre 16 candidatos, foi finalista do concurso “Luísa Todi – Jovens Clássicos», realizado nos dias 28 a 30 de Dezembro, e que procurava novos talentos no campo da música lírica. Trata-se de um projecto destinado à promoção das carreiras de jovens cantores líricos. Os finalistas seleccionados ficam elegíveis para integrar os elencos de concertos e digressões a realizar no futuro, através de uma parceria com o Prémio Jovens Músicos da RTP. Sílvia Pinto obteve a 3ª classificação.

Quanto a esta voz de anjo vai estar no Terreiro, em Caminha, na passagem de ano. Como revelou ao Minho Digital, Sílvia Pinto irá interpretar  logo após as 12 badaladas da Torre do Relógio. E, segundo sabemos, a forma de se apresentar será surpreendente… É ver e ouvir para crer!

Entretanto, aqui deixamos um excerto do concerto na AMIR:

https://www.youtube.com/watch?v=cRtMzETvIzg

A voz, isso mesmo! O timbre, a colocação da voz, a serenidade que transmite, a magia – tudo isso arrepia, prende-nos! Simplesmente …impressionante!

Saiba mais em:

https://www.facebook.com/paulo.barbosa.luthier/?pnref=lhc

http://www.minhodigital.com/news/fixem-este-nome-ensemble-risoluto

http://www.minhodigital.com/news/ensemble-risoluto-brilhou-e-encantou-em-viana

https://www.youtube.com/watch?v=gkN2VFD1xxY

https://www.youtube.com/watch?v=AE7QIRfkUEU

https://www.youtube.com/watch?v=5zP6p9ZbPfk

 

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
jornalminhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo

Junte-se a nós todas as semanas