Poesia na Intimidade – Adelinadas

Poesia repentista de Adelino Matos com arranjo gráfico de José Leal.

Adelino Matos

Coronel do Exército

(Aposentado)

 

geral@minhodigital.pt
  Partilhar este artigo
Opinião  
  Partilhar este artigo