Rede de Castros do Noroeste Peninsular apresenta candidatura

Comunicado de Imprensa

Protocolo de colaboração entre a Direção Regional de Cultura do Norte, a Sociedade Martins Sarmento e os municípios de Monção, Boticas, Esposende, Paços de Ferreira, Penafiel, Póvoa do Varzim, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Trofa e Vila do Conde, foi assinado em meados de dezembro, na Biblioteca Municipal da Póvoa do Varzim.

A Câmara Municipal de Monção estabeleceu um protocolo de colaboração com a Direção Regional de Cultura do Norte, a Sociedade Martins Sarmento e os restantes municípios fundadores da Rede de Castros do Noroeste Peninsular no âmbito de uma candidatura ao programa de cooperação Espanha-Portugal – INTERREG V (POCTEP) 2014-2020.

Este documento, assinado em meados do passado mês de dezembro nas instalações da Biblioteca Municipal da Póvoa do Varzim, vai permitir a apresentação de uma candidatura transfronteiriça entre Espanha e Portugal, potenciando a Rede de Castros do Noroeste Peninsular junto das crianças, historiadores e público em geral.

A Câmara Municipal de Monção esteve representada pela Vice-Presidente, Conceição Soares, a qual destacou a importância desta candidatura conjunta: “A divulgação do património cultural é essencial para preservar a memória e cativar público. Monção entende que esta candidatura constitui um argumento de peso para a valorização do Castro de São Caetano e demais sítios arqueológicos dos municípios fundadores”.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

A Rede de Castros do Noroeste Peninsular é constituída pelos municípios de Monção, Boticas, Esposende, Paços de Ferreira, Penafiel, Póvoa do Varzim, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Trofa e Vila do Conde. Esta rede tem como missão potenciar um turismo cultural de qualidade, atraindo públicos diversificados e criando novos circuitos entre os parceiros.

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
jornalminhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo

Junte-se a nós todas as semanas