SCC foi e é campeão!

Jovens remadoras

Noutros tempos o Sporting Clube Caminhense era de uma forma notória um embaixador do remo, tantos foram os títulos conquistados e que enchem uma sala que surpreende quem a visita, mesmo atletas estrangeiros que ficam estupefactos com as grandes conquistas.

Estamos numa nova era, mas o SCC continua a demonstrar que os seus atletas são feitos de fibra de campeões. E tal foi demonstrado no passado fim-de-semana no campeonato de velocidade da modalidade que teve como palco Montemor.

 

Sem a menor dúvida esta participação é a consolidação de uma grande temporada do Sporting Clube Caminhense .  Se não vamos às contas: conquista da Taça Lisboa; no campeonato nacional de velocidade de remo os atletas não deixaram os seus objectivos por mãos alheias e assim conquistaram seis títulos nacionais,  um 2º lugar e  3 medalhas de bronze.

A direcção do clube classifica esta participação de «excelente»  e a reconquista da Taça de Lisboa como  «a verdadeira cereja no topo do bolo».  Assim como a tão desejada ‘febre’ pelo clube regressa pois uma camioneta saiu de Caminha com adeptos prontos a apoiar o clube e seus atletas.

 

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

SCC no campeonato nacional de velocidade

É considerada como a prova rainha, e o Sporting Clube Caminhense conquistou o título de campeão nacional.  Referimos ao Shell de 8 Sénior Masculino (Tiago Covinha,  Luís Santos,  Vitor Pinto,  Bruno Amorim,  Nuno Mendes,  Samuel Almeida,  Elias Silva,  Virgílio Barbosa e Tim Diana Ferreira).  Recorde-se que com esta vitória o atleta Virgílio Barbosa tornou-se um dos 4 atletas da história do Sporting Club Caminhense que mais vezes venceu a Taça Lisboa (com a camisola do Caminhense), alcançado um feito antes conseguido por Henrique Baixinho, José Vieira e Jorge Gavinho (Jó), todos com 8 vitórias na Taça Lisboa que antes se disputava no 4+ e que desde 2005 se disputa no 8+.

Os Nacionais de Remo não poderiam ter sido melhores, já que para além da conquista do 8+, o Caminhense conquistou também o Shell de 4 sem timoneiro.  Se a Taça Lisboa foi a ‘cereja no topo do bolo’,  esta foi ‘a nata cobriu o bolo’, numa prova muito disputada onde os principais rivais entenderam que deveriam apostar, sobretudo a equipa do Infante D. Henrique que decidiu não apostar seriamente no shell de 8 na evidencia de uma eventual derrota, levando o seu melhor lote de atletas a esta prova de shell de 4 que resultou na vitoria do Sporting Club Caminhense. Aconteceu, apenas,  por uma escassa ‘proa de um barco’ numa vantagem sobre o Infante e um comprimento de barco sobre o Cerveira que também apostou tudo nesta embarcação,« numa prova não apta para cardíacos.». Vencedores: Cláudio Rodrigues, Anthony Passos, Rui Canas, João Pinto).

Ainda nos seniores, apesar de não terem vencido no 4x sénior masculino, foi uma tripulação toda ela constituída por atletas ligeiros e seniores de primeiro ano, onde foi conquistada uma medalha de prata digna de destaque dada a grande dificuldade que esta prova representava. Os atletas Jorge Barrocas, Ivo Carvalho, Rui Costa e Diogo Gonçalves demonstraram perante a poderosa equipa da Académica e as outras  e apresentaram  (teoricamente com mais experiencia) que na agua a sua juventude apenas ficou evidente no Cartão de Cidadão aquando da sua apresentação no cais de embarque, já que no que tocou à regata estes atletas demonstraram que têm muito para dar ao remo em Caminha, sobretudo tratando-se de uma equipa totalmente constituída por atletas ligeiros.

Nos Juniores, os atletas Fernando Simões e João Carvalho, ambos atletas da Seleção Nacional, venceram de forma categórica o Shell de 2 sem Timoneiro com ampla vantagem sobre os seus rivais.

David Cerqueira, também atleta da Seleção Nacional, alcançou um 5º lugar naquela que é a prova mais competitiva do escalão júnior: o Skiff.

Os outros títulos do Sporting Club Caminhense apareceram nos escalões de Veteranos onde os nossos Masters conquistaram 3 títulos e um 3º lugar.

No 4+ Veterano venceram os atletas Paulo Lima, Raul Pinto, Pedro Fernandes, Jorge Machado e a timoneira Diana Ferreira.

No 4x Veterano venceram o 118 vezes Campeão Nacional Henrique Baixinho, juntamente com João Fernandes, Carlos Lima e Carlos Vilaça.

No 8+ Veterano: Tim Diana Ferreira, Pedro Fernandes, João Fernandes, Raúl Pinto, Henrique Baixinho, Carlos Vilaça, Carlos Lima, Jorge Machado e Paulo Lima.

Álvaro Fernandes alcançou um honroso 3º lugar no 1x veterano masculino.

Nas camadas jovens, sendo este um escalão do formação cujo objetivo é sempre o contacto com a modalidade e a competição, os resultados foram também positivos, fazendo crer que existe base para o futuro do Sporting Club Caminhense. Iimporta agora neste fase consolidar a técnica de remo e o saudável e adequado desenvolvimento físico destes jovens atletas com vista a um futuro promissor.

 

Resultados das finais A das camadas jovens (Sábado):

1x Benjamin – Feminino Carolina Cunha 4º Lugar

2x Iniciado Feminino – Marta Brito e Beatriz Costa o 4º Lugar

1x Iniciado Masculino – Francisco Pinto 4º Lugar

4x Juvenil Masculino – Rafael Gonçalves, Daniel Sobral, Leonardo, João Lima 3º lugar

2x juvenil Feminino – Ana Silva e Raquel Simões 4º lugar decido na photo finish

1x Juvenil – Masculino Eduardo Gonçalves 3º Lugar

 

 

  Partilhar este artigo
Nuvem do Minho
jornalminhodigital@gmail.com
  Partilhar este artigo

Junte-se a nós todas as semanas