Executivo liderado por Rui Lages gasta no mês de janeiro mais de 25 mil euros em barraquinhas e equipamento fotográfico

Comunicado de Imprensa
Rui Lages

A Coligação O Concelho em Primeiro, teve conhecimento, através da plataforma de contratação pública – Basegov que o executivo liderado por Rui Lages fez três contratos no mês de Janeiro de mais de 24 mil euros, para gastos supérfluos.

Numa altura em que juntas de freguesia, como a Junta de freguesia de Vile,  por exemplo, só receberá da Câmara um total de 7 mil euros para fazer obras e outros investimentos na freguesia durante um ano inteiro, o sr presidente Rui Lages decide gastar 12.650 euros a comprar “casinhas” para eventos .

“Ainda não sabem o que fazer com as barracas que estão em frente ao mercado municipal de Caminha e que custaram aos cofres do município, pago com dinheiro de todos nós, mais de 250  mil euros, mas já estão a gastar  mais de 12 mil euros a comprar mais barracas”, afirmam os eleitos da coligação.

Na plataforma Base.Gov também se podem verificar mais dois contratos com valores exorbitantes.  Mais de 6 mil euros ( mais Iva)  só para novo equipamento fotográfico e mais de 3 mil euros ( mais IVA)  para o design gráfico de uma revista.

Numa altura em que os impostos e as taxas sobem, em que aumentam a taxa de recolha de resíduos sólidos a todos os caminhenses, vê-se o executivo liderado por Rui Lages a gastar o dinheiro de todos os caminhenses em questões que em nada irão beneficiar nem melhorar a vida dos caminhenses.

A Coligação O Concelho em Primeiro repudia publicamente esta gestão despesista e esta falta de responsabilidade de resolver os problemas das pessoas e usar o dinheiro para comprar “casinhas”, equipamento fotográfico ou designs milionários de revistas municipais que não estão sequer de acesso gratuito a todos os caminhenses.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

Relativamente à Revista Ínsua, para além de, só o design da mesma ficar a um preço exorbitante, pago com os impostos dos caminhenses, o seu preço de venda a público definido por Rui Lages é proibitivo para a maioria dos caminhenses.

A Coligação O Concelho em Primeiro não entende nem aceita as prioridades definidas por este executivo.

PUB
  Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

press@maniadigital.pt

  Partilhar

PUB
PUB

Junte-se a nós todas as semanas