O Eixo Atlântico manifesta a sua satisfação e apoio às declarações do Presidente da Infraestruturas de Portugal relativamente à linha Porto-Vigo

Durante a 6ª edição da Fábrica 2030, no Porto, o Presidente da Infraestruturas de Portugal, Miguel Cruz, reiterou o compromisso do governo português com a priorização da ligação ferroviária entre Lisboa e a Galiza. Embora reconheça a relevância de uma possível ligação com Madrid, Cruz enfatizou que a rota Lisboa-Porto-Vigo-Corunha é prioritária neste momento.


Esta decisão foi apoiada pelo Presidente do Eixo Atlântico, Luís Nobre, e pelo secretário-geral, Xoán Vázquez Mao, durante uma conferência de imprensa realizada em Vila Nova de Famalicão. Nobre e Mao ressaltaram ainda que os procedimentos para esta linha já estão em andamento e que qualquer debate contraproducente que surja é resultado da situação política e eleitoral na Espanha, não devendo interferir nas decisões legítimas do governo português.

O secretário-geral do Eixo Atlântico enfatizou que o debate político em Espanha não deve distorcer o curso das decisões tomadas em Portugal, reafirmando que a primeira linha a ser estabelecida será Lisboa-Galiza. Além disso, salientou que isso não impede o fortalecimento das comunicações com outros pontos, como Lugo e Ferrol, realçando a importância dessa conexão para a região.

PUB
  Partilhar este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nuvem do Minho
PUB

Junte-se a nós todas as semanas