Luís Nobre firma novos protocolos que reforçam “Valorizar o Património”

No âmbito da 2ª fase do programa Valorizar o Património, o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo estabeleceu  novos Protocolos de Desenvolvimento Cultural com instituições concelhias detentoras de bens ou património cultural, permitindo empreitadas de reabilitação e conservação de igrejas no valor global de mais de 137 mil euros.

No âmbito destes protocolos, a parceria prevê que as instituições detentoras de património cultural se comprometam a desenvolver hábitos culturais e fruição artística dos cidadãos; estimular os públicos de infância e juventude para as artes, património material e imaterial; qualificar a oferta dos ativos culturais do concelho; apoiar a organização e realização de eventos culturais associados aos bens culturais objecto de intervenção no âmbito destas parcerias. Esta verba junta-se a outros 150 mil euros já aprovados no mês de março, no âmbito do mesmo programa.

Na cerimónia de assinatura dos novos protocolos, o Presidente da Câmara referiu que os cerca de 300 mil euros que a autarquia já aprovou este ano “são um sinal de que queremos continuar este programa e a reabilitar o nosso património”.

PUB

Luís Nobre referiu que apesar de o edificado em causa ser privado e ter dimensão espiritual, “continua a ser património de todos” graças à forma “exemplar” como os espaços são disponibilizados para o usufruto de todos.

O protocolo estabelecido com a Fábrica da Igreja Paroquial de S. Miguel de Alvarães, no valor de 30 mil euros, vai permitir a 1ª fase da empreitada de conservação e restauro da Igreja Paroquial (capela-mor e corpo da Igreja). Já com a Fábrica da Igreja da Paróquia de S. João Baptista o protocolo ascende a 31 mil euros e visa a primeira fase da obra de Conservação e Restauro do retábulo-mor, pintura do arco e tecto.

GOSTA DESTE CONTEÚDO?

Na União de Freguesias de Viana do Castelo (Santa Maria Maior e Monserrate) e Meadela, são estabelecidos três protocolos: Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Cristina – Meadela, no valor de 16.173 euros, para reabilitação exterior e pintura da Capela de S. Vicente, Convento de Santa Teresa do Menino Jesus e de S. João Evangelista, no valor de 30 mil euros, para requalificação do Convento, e Fábrica da Igreja Paroquial de Nossa Senhora de Monserrate, verba de 30 mil euros, para a conclusão do Centro Interpretativo de São Bartolomeu dos Mártires.

De acordo com a proposta previamente aprovada pelo executivo municipal, “o Município tem como objectivos previstos no Plano de Atividades e Orçamento para 2023, em especial nas Grandes Opções do Plano, a Valorização do Património Cultural, a promoção de actividades e projectos culturais, a afirmação da identidade cultural do concelho, reforçar e alargar o trabalho dos museus municipais, centros interpretativos e núcleos museológicos”.

PUB

É ainda indicado que “o Município identificou como objetivos a concretizar no corrente ano a promoção da identidade cultural, a conservação do património material e imaterial e a valorização cultural e turística de Viana do Castelo”.

PUB

No  que toca ao Património Cultural, o município pretende apoiar projectos e iniciativas: inventariação, divulgação e animação do património; protecção, conservação, valorização e promoção do património histórico e cultural com elevado interesse cultural e turístico; musealização e dinamização de espaços interpretativos culturais, núcleos museológicos e museus; apoio a eventos associados à valorização do património, à cultura e a bens culturais; divulgação e integração na promoção institucional do município de iniciativas e eventos culturais de ações e projetos no âmbito do património cultural.

PUB
  Partilhar este artigo

1 comentário

  1. Porque é que não restaura as casas dos pobres! Porque não muda o “telhado” da sede da junta da freguesia da Torre, onde tem” Um Infantário” e mais valências dedicadas á juventude que é de Amianto, e foi lá colocado por “volta” de 1979! Isso não dá votos, mas daria Saúde á juventude dessa e de outras localidades! Porque não “tenta” programar mais ETAR na cidade e arredores? Como Darque, Areosa! Porque não tenta “instalar” o PT em Nogueira para a freguesia ter água da rede pública! E que a inauguração já foi feita em 19/12/2020 e água há “quando chove”! Este comentário “talvez” não seja publicado, porque “anda ” tudo do lado do “escondidinho”! Mas o povo vai acordar!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

geral@minhodigital.pt

  Partilhar

PUB
📌 Mais de Viana
PUB

Junte-se a nós todas as semanas